O que esperar quando você está esperando

Geralmente, quando acordamos, já sabemos o que precisamos fazer de importante durante o dia.

Créditos: Bianca Dias

Posso dizer que minhas expectativas foram superadas. Hoje tomei muitos tapas na cara. Simbólicos, mas tomei. Tirando a parte de me perder na Província de Buenos Aires com mais dois anjinhos, tudo deu mais do que certo. Fomos à Isla Maciel, Avellaneda, uma favela/comunidade/bairro que antes nos assustou. Pelas leituras que fiz, achei que fosse encontrar tristeza, medo constante, perigo à luz do dia. Que nada!

Crédito: Bianca Dias

Um monte de cachorro, crianças alegres e até mesmo um grupo de turistas americanos! Que aula de vida eu tive. Fui à escola secundária procurando pelos graffitis, mas achei muito mais. Conheci os idealizadores da rádio da Isla, além de professores e membros do colégio. Tive minha aula com mestres entre 15 e 27 anos. Vi um curta filmado, editado, roteirizado por eles. Quanta riqueza nos olhos, na fala. Costumamos sonhar com um carro novo, uma viagem, eletrônicos. Lá, o sonho do Maurício é ter um trabalho, e só. Não é preciso mais. Ninguém precisa de muito, sabemos disso, mas a ganância não nos deixa ficar em paz.

Eles têm o melhor professor de inglês que eu conheço. Além de tradutor para turistas e professor na escola secundária, ele também é contorcionista, vegano, dá aula de ioga e toca violão. Você tem alguma dessas qualidades?

Lugar incrível. Pessoas incríveis. História incrível.

Enquanto eu esperava chegar na Isla, eu não esperava me apaixonar.