Amor, você me dá sorte

Tive sorte. Tive não. Tenho.
Olhe para o seu lado.
Olhe ao seu redor.
Pra cima e pra baixo.
Você também deve ter sorte.
Não falo da tal sorte de ganhar milhões de reais ou de encontrar uma mala cheia de dinheiro.
Falo da sorte da vida simples.
Da vida que é só sua.
Ela é TODA SUA.
Azar faz parte. Não haveria sorte sem o azar.
Comigo sempre aconteceu de querer fazer algo com alguém, porém vem o azar e diz: “Hoje não, queridinha”.
Então chove, cai pedra do céu, o ônibus estraga, eu passo mal… Coisas que eu já me acostumei.
Mas por cauda disso eu sou azarada?
Nem pensar.
Eu tenho alguém que quer me ver e eu quero estar com ele chovendo pedra ou caindo fogo do céu.
Não há azar para quem quer amar. Pra quem quer viver e ver o amor acontecer, não há — e nem deve — deixar algo atrapalhar.
Pode ser que o tal azar apareça e faça seu sonho atrasar, mas não deixe que ele seja excluído da sua vida definitivamente.
Ter amor na vida é sorte. Ter sorte é ter amor. É amar.
Eu tive, tenho e eternamente terei sorte.
O amor está aqui 24 horas por dia.
O amor está aí também, pode acreditar.
É só olhar ao seu redor. Pra cima, pra baixo.

Quando você prestar atenção, a sorte estará em alguém e não no bilhete premiado dessa semana.
A sorte está aqui.