Beijo na boca é coisa do passado

Prosa em pranto

Perdeu-se o prazo

De validade?

Não te preocupa

É só substituir

Esse por outro

Mas e o amor?

Que amor?

Amor é invenção

Do século dezoito

Beijo na boca é

Coisa do passado

A moda agora é

Marcar encontro

E não aparecer

Visualizar e não

Responder

Cantar teu afeto

Para quem vier

E ir atrás de quem

Não te quer

Melhor ir atrás dela então…

Dela quem?

De mim.