A morte do meu cachorro.

Leia ao som de: https://www.youtube.com/watch?v=4JLhfB8tFlA

Não tem saída, dói demais.

Não há o que fazer, é como se eles levassem uma parte de nossas almas ao partirem.

Não existe dor mais latente que a dor de ver morrer bicho,criança e gente inocente.

Não tem coisa mais estranha, que não ter mais aquele abraço canino que independe do clima, do dia, ou da hora.

Não devia acontecer! eles deviam partir no mesmo instante que a gente.

Faz uma falta…

Faz muita falta!

Por: Frida Kahlo. (Google imagens).