Bruna Modesto, eu sempre me impressiono com teus escritos, mas esse em particular, me impele a lhe…
Gilberto Miranda Junior
31

Primeiramente, agradeço demais os elogios! ❤

Então, eu me identifico mais com o feminismo liberal, até porque, na questão da transgeneridade, nessa vertente eu poderia militar como transgênero, caso iniciasse uma transição futuramente, coisa que eu não poderia no radical, por exemplo. Mas ainda preciso estudar muuuuuito sobre muita coisa para poder me posicionar sobre esse e outros assuntos. Assim como você, sou um estudante à distância em várias coisas.

E eu tenho o pensamento de que, se eu sou negra, só eu posso falar o que é racismo, se sou lésbica, só eu posso falar sobre o que é sofrer homofobia (inclusive já sofri), e por aí vai… logo, não faço parte de nenhum grupo feminista e não sou ativista do feminismo como um todo, porque no feminismo há um leque muito grande de divergências, existe muito preconceito dentro do próprio movimento, existe misandria e tudo o mais. É tudo muito delicado e complexo, há muitas coisas erradas e certas. Tudo o que eu falo, defendo, luto e discuto, é por conhecimento de causa como mulher, lésbica, e andrógina.

Agradeço o comentário! Abraços!

Like what you read? Give Bruna Modesto a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.