Você olha?

foto por Edilayne Ribeiro (instagram.com/dihrk)

Olha a moça que faz malabares
não ganhou nenhum troco
sorrisos: milhares

Olha o cão indeciso
se atravesso
será que sobrevivo?

Olha a pipa, papai!
e o vento levando
a vida que vai

Olha o bêbado, infeliz
de baixo da marquise
de fora da matrix

Olha o berro da criança
fazendo birra de graça
sem esperança

Olha a senhora levando o fardo da vida
no carrinho de mão da idade
que maldade

Olha o tempo que esvai
e o olhar que desbota
quando a morte lhe atrai