Uma carta sincera às amigas de coração partido

Autor Desconhecido

Sabe essa dor que você está sentindo? Parece clichê, mas ela vai passar.

Eu entendo que parece que alguém enfiou uma faca na sua barriga, dá falta de ar, o chão parece que vai sumir dos seus pés a qualquer momento e a única sensação é de desespero. Eu sei que a única coisa que você consegue é se esforçar o máximo pra não chorar muito alto e a única pergunta que não sai da sua cabeça é “por que?”. Eu sei disso tudo, mas calma, vai passar!

O mundo parece não entender sua dor né? É solitário sentir tudo isso; a gente pensa, pensa, pensa e não consegue uma explicação plausível que justifique tamanha dor. Mas não a dispense, essa dor enorme pela qual você está passando se chama crescimento.

Não, não dá pra entender tudo isso agora, na verdade vai levar um tempo ainda, mas daqui a pouco tudo voltará a fazer sentido e você vai enxergar o quão necessário foi passar por isso.

Portanto, não se prive em momento algum de sentir todo esse turbilhão, leve o tempo que for pra digerir tudo que aconteceu, mas se esforce para aprender o mais rápido possível e nunca, nunca se entregue à dor. Quando doer demais, lembre-se que algum dia você terá completado o processo e estará inteira novamente. Essa esperança no futuro é muito importante pra não te deixar afundar.

E, mais importante, aprenda! Entenda sua culpa nisso tudo e, o que não for seu fardo, dispense. Compreenda que em tudo há uma razão, entenda a sua e cresça. Não abdique de nenhuma responsabilidade que te caiba, mas não vista culpa alheia. Compreenda também que as outras pessoas não se transformam em monstros só porque te magoaram, não, elas são humanas e cheias de defeitos assim como eu e você. Mas aprenda a diferenciar pessoas que te fazem bem e pessoas que te fazem mal, pessoas que querem te ver bem e torcem por você das pessoas que fingem se importar.

As ilusões, cuidado com elas, são encantadoras, mas apegue-se à verdade, vai doer, mas alivia em seguida.

Ame-se mais, cuide de ti, faça tudo que quiser fazer e que só depende de você. Se redescubra, pense em quem você é e em quem você quer se tornar, pense no que você quer que fique em você e no que quer mudar. Experimente coisas novas, conheça gente nova, lugares novos. Invente coisas, descubra o que te faz feliz.

Um dia seu sorriso será sincero novamente, seu coração estará inteiro de novo e você terá muito mais sabedoria pra lidar com esse tipo de situação. Ah, e quando esse dia chegar, você vai se orgulhar tanto de quem você é que, nem por um minuto, você vai querer trocar seus novos momentos por esses que hoje te levam às lágrimas!

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Bruna Passos’s story.