TETO também fala

Na era digital e da inclusão , todos querem falar. E com o TETO não seria diferente.

TETO é uma Organização Não-Governamenteal que procura superar a situação de pobreza, por meio de ações entre voluntários e moradores que vivem em comunidades precárias, através da construção de casas e das práticas de empoderamento, que resultam na promoção de planos de educação, saúde e fomento produtivo, além de estimular lideranças dentros das favelas, incitando a autogestão. Iniciou suas operações no Chile, em 1997, e atualmente está presente em 19 países — América Latina e Caribe.

A necessidade de recursos básicos em assentamentos precários foi o que mobilizou os precursores desse projeto, e que gerou o sentimento de urgência para a construção das moradias, uma das principais e mais visíveis atividades da organização.

Em novembro de 2006, o TETO iniciou suas operações no Brasil. E em seis anos foram construídas, com a colaboração de mais de 17 mil voluntários — principalmente universitários –, 1.371 moradias de emergência em favelas brasileiras, pulverizadas entre 18 municípios do Estado de São Paulo. O resultado foi de 58 comunidades beneficiadas. Atualmente, a ONG atua em quatro regiões: São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e Paraná. E a tendência é crescer cada vez mais.

Não é difícil perceber as mudanças que o TETO vem trazendo à vida de muitas pessoas. E a ONG não vai se calar enquanto a sociedade continuar ignorando uma realidade bem próxima de nós. E você, é capaz de transformar o mundo também?

Acesse http://teto.org.br

Like what you read? Give Bruna Paul a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.