Em geral, há duas estratégias que as pessoas usam para conquistar o bem-estar/felicidade:

a) A estratégia do mais

b) A estratégia do suficiente

A estratégia do mais

A regra é simples: quanto mais, melhor. Simples e altamente difundida, essa estratégia tem um problema: você acaba subindo na esteira da felicidade (hedonic treadmill).

Image for post
Image for post
A cenourinha do mais é infalível.

O ser humano tem uma característica que é, ao mesmo tempo, uma benção e uma sentença: adaptamo-nos rapidamente às coisas.

Por isso, quando a ordem é mais, as conquistas geram um pico de felicidade que logo passa. Tem como ser triste em Paris? Tem. Tem como ficar deprimido com 2 milhões de…


Image for post
Image for post

Review do livro The Dip: A Little Book That Teaches You When to Quit (and When to Stick), de Seth Godin.

Certa vez vi um desenho, dessas que fazem parte do arcabouço da cultura corporativa motivacional, que continha três elementos: um homem com uma pá, uma trincheira e um tesouro.

O homem, suando, carregava uma pá. Ele já havia cavado um bom caminho da trincheira mas, exausto, seu corpo dava meia-volta para desistir da empreitada.

Embora o personagem não soubesse, o erro da decisão era nítido para quem via o desenho: o tesouro estava logo ali, bastava mais um movimento com a pá. Desistir é abrir mão de um tesouro iminente, postulava o desenho.

Desistir é errado”, “desistir é coisa de…


Ler é um dos grandes prazeres que tenho na vida. Seja antes de dormir, nos momentos de insônia ou num domingo pela manhã, na companhia de um café, sempre estou com um livro ou com o Kindle na mão.

Em 2019, foram intensos os estudos de Gestão de Produto, ou Product Management, área para a qual migrei minha carreira. Dos 27 livros que li no total, poucos foram literatura e os destaques ficaram por conta dos não-ficção e de livros técnicos.

Abaixo, os livros estão segmentados em áreas: I. Não -Ficção (filosofia, desenvolvimento pessoal etc.) , II. Literatura e III…


Image for post
Image for post
Photo by James Pond on Unsplash

Quando você entra em um carro novo, há alguns ajustes a serem feitos antes de sair dirigindo: você precisa regular o banco, o volante, os espelhos, o retrovisor, guardar objetos no porta-luvas etc. Cada pessoa tem um jeitinho de configurar e organizar o carro, que varia muito conforme a finalidade de uso e preferências pessoais.

Quem tem o computador como principal ferramenta de trabalho também precisa se organizar antes de sair trabalhando. No entanto, muita gente deixa de otimizar seu dia a dia digital por desconhecimento de ferramentas e aplicativos.

Há diversos softwares e extensões voltados para produtividade e organização


Image for post
Image for post

Em 2018, desafiei-me a ler mais. Incontáveis foram os artigos consumidos aqui no Medium, em blogs e em jornais, além dos livros.

Como habitualmente faço (veja a lista de 2015 e 2017), estes foram os 24 livros que li no ano — entre ficção e não-ficção e dos melhores ao pior:


Image for post
Image for post
Screenshot do meu Trello pessoal.

Lista de tarefas, agenda, post it, lembrete, "de cabeça" ou calendário: como você organiza sua vida?

Eu adoro organizar coisas e já testei diversos métodos — dos post its ao OmniFocus.

Iniciei 2018 usando uma agendinha de papel, mas percebi que estava começando a me perder.

Meu momento de trabalho envolve muitas atividades que dependem de terceiros e eu estava com dificuldades de controlar as coisas pelas quais eu sou responsável, mas que ficam na dependência de outra pessoa para serem resolvidas.

Foi aí que decidi usar o Kanban para organizar a lista de tarefas da vida profissional e pessoal.

[NA TEORIA]

O Método Kanban


Image for post
Image for post

A primeira vez que eu ouvi falar sobre Jocko Willink foi durante um podcast. Jocko estava sendo entrevistado, não me recordo se pelo Tim Ferris ou pelo Lewis Howes, e falava sobre disciplina. No início, ele pareceu apenas um cara durão destilando obviedades, mas aos poucos foi se mostrando um sujeito coerente, determinado e resiliente, o que chamou minha atenção. Jocko Willick é um SEAL, nome dado aos militares da Força de Operações Especiais da Marinha norte-americana, um dos batalhões mais casca-grossa do exército dos EUA.

Junto a Leif Babin, Jocko foi um dos comandantes SEALs enviados para a guerra…


Image for post
Image for post

O que aprendi sobre como negociar a partir do livro “Never Split the Difference: Negotiating As If Your Life Depended On It”, de Chris Voss e Tahl Raz.

A obra não foi ainda traduzida para o Português, portanto, todas as citações contidas nesta review foram traduzidas de forma livre.

Já dizia o antigo filósofo que "pra dançar créu tem que ter disposição." Pra negociar, então, nem se fala! Proposta que vai, proposta que volta, argumentos mil, jogo de cintura e muuuita paciência.

Diferente do que muitos pensam, negociações não são exclusivas ao ambiente de trabalho e não é necessário ser…


Image for post
Image for post
Edição Cosac Naify

“Não, não é sobre o mágico.” Ao longo das 1.312 páginas, se bobear até meu cachorro me perguntou se David Copperfield, de Charles Dickens, tem como personagem principal o ilusionista. A obra, publicada como livro em 1850, é sobre um outro David. Um David fictício, que nasceu órfão de pai, passou por poucas e boas na Inglaterra vitoriana, conheceu os mais inusitados sujeitos e, no auge de sua vida, decidiu fazer uma retrospectiva e descrever os caminhos que o levaram até onde estava.

— Quase nunca tomo café da manhã — replicou ele com a cabeça inclinada na poltrona. —…


Image for post
Image for post
Imagem: Adam Lupton

Posso chutar com certa segurança que toda pessoa, no ápice de seu ócio infantil, já parou para questionar a realidade: “Será que o azul que eu enxergo é o mesmo azul que o meu amiguinho enxerga?” Bom, e se isso não aconteceu até os seus cinco anos de idade, não faltaram filmes do Matrix para incentivar o questionamento no período da adolescência. Orbitando as reflexões sobre realidade, está a indagação sobre a Verdade e o Fato. No fim do dia, no que podemos acreditar?

Fake news

Nunca se falou tanto em “fake news”. As notícias distorcidas, disseminadas a rodo nas redes sociais…

Bruna Rasmussen

👋 Lifelong learner | Product Manager 👩‍💻 | Escrevo sobre organização e produtividade, produto digital e um pouquinho sobre a vida | 🏳️‍🌈 ♀️ | she/her

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store