As letras mais lindas que você (provavelmente) não conhece

Amante de música que sou, resolvi tirar um tempo deste sábado para compartilhar algumas das letras mais lindas com que me deparado ultimamente. Por óbvio, esta lista não é exaustiva e nem se trata de um ranking. Ah, e simplicidade é característica comum a todas. Elas não pediram para serem incríveis e emocionantes, apenas o são. Espero que gostem (eu adoro).

  • The Script — For the First Time. Eu amo essas músicas do The Script que contam histórias. Para falar a verdade, eu amo histórias. Enquanto eles tocam eu consigo visualizar toda a situação e me emociono todas as vezes.
  • Florence and The Machine — All This and Heaven Too. Eu gostaria de ter escrito essa música. Nunca tinha visto ninguém falar sobre a incapacidade de descrever o amor com tanta profundidade. E a voz da Florence, claro, deixa tudo mais especial.
  • Roberta Sá — Água da Minha Sede. Lembro-me dessa música quando criança, mas só fui prestar atenção na letra faz pouco tempo. Não tem como ouvir “O amor tem essa história: se abre já quer entrar, se entra não quer sair, ninguém sabe explicar” sem sorrir com a beleza e a simplicidade desses versos.
  • Paulinho Moska — Pensando em Você. Essa música me pega desde o início. É uma delícia acompanhar cada palavra e ver como ele se encaixa com a seguinte e assim sucessivamente.
  • Eli Soares — Minha Oração. Uma das músicas que eu mais ouvi em 2016 e 2017 vai pelo mesmo caminho. Essa letra mostra uma pessoa com o coração rasgado diante de Deus e isso para mim é a declaração de amor mais pura.
  • A Banda Mais Bonita da Cidade — Canção pra Não Voltar. Tenho especial apreço por essa música. Sugiro ouvi-la após ler a trilogia do Phillip Pullman (da Bússola de Ouro, sabe?). Eu fiz isso sem querer e, nossa, parece que a música foi composta para o livro, especialmente o terceiro.
  • Keane — You Are Young. Essa é uma das músicas que eu canto para mim mesma nos momentos de maior medo e indecisão. Tenho a nítida sensação de que as palavras me abraçam enquanto acompanham a melodia. Amo, amo, amo.