A Canção dos Shenlongs
Diogo Andrade
104

Só posso dizer que achei muito bom.

Gostei muito da forma como você construiu o cenário e um início de intriga, um prelúdio ao Chamado à Aventura. Ele ainda não está ali, mas as características do personagem principal indicam que surgirá em breve.

Curiosamente, entendi a história como um conto, ou como um prólogo. Acho que pelo pouco uso do diálogo, o que não vem a ser uma crítica, mas uma observação, antes de qualquer outra coisa.

Fiquei curioso. Estarei atento para as novidades sobre “A Canção dos Shenlongs”. Continue com o bom trabalho! ;)

Like what you read? Give Bruno Leandro a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.