Certos cafés da manhã

Começam depois do jantar

Brunno Lopez
Aug 1 · 1 min read

Antes que seus olhos pesem o bastante para começar um flerte com o sono, eu já estou costurando seus sonhos com os dedos. Conto suas inspirações e expirações sem ousar adormecer, aprendendo a falar sua linguagem corporal imprevisível e deliciosamente prolixa.

Verbaliza fisicamente despejando reticências, discursando com a boca fechada e as mãos abertas, tateando territórios numa narrativa quase preguiçosa, que vai desenhando palavras inteiras num silêncio ofegante.

Meus olhares detalhistas te cobrem de um frio que você não sente. O arrepio é o jeito favorito do seu corpo sorrir. Termostatos não existem em seu quarto, pois é impossível regular suas caprichosas temperaturas vulcânicas.

Então descanso sons que atravessam os cabelos que cobrem sua orelha. Letras em formas de pequenos sussurros, verdades em volume mínimo e intensidade máxima. Expressões que farão sentido quando você acordar e olhar para baixo.

Provavelmente estarei te olhando de volta.


Quer dizer que seus belos olhos chegaram até o final do texto, né?
Então, para que mais pessoas possam ter a mesma experiência adorável que você teve (prepotência detected), clique nas
palminhas fofas no máximo até50 vezes.

Pode comentar também, tenho uma preocupante predileção por debates utilizando teclados em CAPS LOCK.

Brunno Lopez

Written by

Um ilustrador de palavras que acredita que o amor não passa de um tapete voador que sobrevoa as misérias humanas.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade