O jornalista

Sob a luz da lampada, começo a digitar em minha mesa.
Não tenho visto o sol faz alguns dias
Bronzeado florescente cobre minha pele
Quanto tempo ainda resta?
Tenho um prazo de entrega
Eu escrevo entre as linhas
eu lido com a fantasia
Reporto os fatos, então onde estão?

Costumo comer muito em dias assim
cigarros mentolados fazem meu ar calmo e leve
Quando começo a escrever, as palavras caem como moedas do bolso
Então saía da frente, tenho algo a dizer

Meu pulso está aumentando meu pulso está aumentando
E a cãibra nas mãos aumentam ao fazer tik tik tap tap tap tap nas teclas
Minha vida social parece que vai acabar, é o que parece ser,
Por quê não piso na grama hoje?
Eu peguei céus azul transformei em céus cinza
eu escrevo entre as linhas
eu lido com a fantasia
Eu sou o jornalista
Alguém me reconheça!

Minha mãe disse pra nunca ir longe de casa
Uma moça disse “garoto, você nunca estará sozinho, porque”
Você construiu uma caminho com tinteiro e penas, criou uma memória manchada
Você é o jornalista e consegue ir longe!