fiM

Eu crio pelo avesso
Digo adeus à este começo
Me despeço e vou embora
Limpo as mãos e bato a porta
Dou um beijo e vejo a hora
É tão tarde, é tão agora

Eu crio pelo avesso
Digo olá e me despeço
Caio dentro, caio fora
Vivo um dia em meia hora
Um abraço me desola
Já não fico ou vou embora