Esperando.

Continuo sonhando com o seu amor. Continuo ansiando por qualquer coisa que você quiser me oferecer, seja o que for.

Eu te vejo por vários olhares e te desejo com uma ânsia interminável. É uma dor que nunca dói. É uma fome que nunca passa. É um ato que não acontece. É uma palavra não dita. É um tiro não-atirado. É um amor nunca amado. É a maior angústia, que nunca cessa.

Tantas promessas foram feitas e nunca entendi porque nunca fomos capazes de cumpri-las… Talvez fôssemos sonhadores demais ou muito imaturos pelos nossos excessos. Aconteceu apenas em nossas cabeças. Nossos corações continuam vazios achando que sabem amar; achando que sabem o que é se doar. Mas não desisti de você ou de nós: eu continuo sonhando, eu continuo querendo, eu continuo te esperando.

Eu continuo te esperando.

00:57, 03/03/2017.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Bruno César’s story.