Montevidéu: por onde começar

Conhecendo e chegando em Montevidéu
 
Uma capital com ares de cidade do interior, banhada pelo Rio Prata que, por sua imensidão, parece o mar. Esta é Montevidéu (ou Montevideo, na língua original). A maior cidade do pequeno país Uruguai encanta por sua simplicidade. Aqui, o antigo e o moderno andam juntos. Seja caminhando pela avenida costeira, também conhecida como Rambla, ou pela 18 de julho, a principal avenida do centro da cidade, você vai sentir como esta é uma cidade notável. A educação no transito, a limpeza e segurança trazem uma sensação de tranquilidade. Já as belas paisagens e a gastronomia peculiar te fará viajar pelos encantos e sabores de Montevidéu. Uma caminhada pela cidade velha e uma parrila no Mercado do Porto, são programas que não podem faltar. Não deixe de experimentar os alfajores locais e o tradicional doce de leite.

Encontrar passagens aéreas para Montevidéu é um trabalho fácil. A cidade conta com um pequeno, porém moderno, aeroporto internacional que recebe voos frequentes vindos do Brasil, principalmente saindo de São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis e Porto Alegre. As principais companhias aéreas nacionais oferecem esta rota em um voo rápido e tranquilo, visto a proximidade do Uruguai com o sul e sudeste do Brasil.

Quando ir:
 
Montevidéu é uma cidade acessível durante todo o ano. As suas preferências de viagem é o que vão definir a melhor época para visitá-la.

Com estações bem definidas, o inverno, de junho a setembro, é frio. A temperatura média é de 11ºC, podendo chegar a 5ºC, portanto, capriche nos agasalhos neste período. Já no verão, entre dezembro e março, as agradáveis temperaturas com média de 21ºC levam turistas e uruguaios a aproveitarem as praias de água doce, os parques e os eventos e feiras ao ar livre.

A primavera e o outono têm dias mais frescos, com média de 17ºC. Os dias variam, entre mais quentes e mais frios, mas nada que atrapalhe uma visita e caminhadas pela cidade. As chuvas são bem distribuídas durante o ano inteiro, não havendo um mês ou estação mais chuvosos.

Para quem quiser conhecer o carnaval mais longo do mundo deve visitar a cidade entre o início de fevereiro e meio de março. Durante 40 dias, a festa reúne apresentações teatrais e desfiles espalhados por todos os bairros. Outro festejo interessante é a noite da nostalgia, quando pessoas de todas as cidades saem para relembrar e dançar músicas retro. O evento acontece todo ano, no dia 24 de agosto.

Aeroportos próximos:
 
O Aeroporto Internacional de Carrasco é a principal porta de entrada do Uruguai e está há cerca de 20km do centro de Montevidéu. Pequeno, porém moderno e bem estruturado, recebe voos internacionais diariamente, com grande parte deles partindo do Brasil.

Para encontrar passagens para Montevidéu busque o trecho nas principais companhias aéreas nacionais. A maior quantidade de oferta de voos diretos saem de São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis e Porto Alegre em viagens que duram, no máximo, duas horas e meia.

Algumas companhias sul-americanas também oferecem voos do Brasil para Montevidéu, porém, sempre com conexões em Buenos Aires ou Santiago, o que torna a viagem mais longa e cansativa, e nem sempre mais barata.

Para sair do aeroporto e chegar até o centro de Montevidéu, você tem as opções de taxi, van ou uma linha de ônibus executivo.

Os táxis e vans podem ser contratados na empresa oficial que opera no aeroporto e tem preços tabelados. Para ir até Pocitos, um táxi custará cerca de R$ 140 (valor convertido). Já se você vai ficar no centro ou na cidade velha, o valor pode variar entre R$ 160 e R$ 200. O serviço de van compartilhado custa em torno de R$ 40 por pessoa. Outras opções de transporte, exclusivo ou compartilhado, incluindo o aluguel de carro, também estão disponíveis no aeroporto. Note que há descontos caso já deixe o transporte de volta reservado.

Para quem busca uma solução mais econômica, é possível pegar um ônibus executivo que sai do aeroporto e leva até o terminal de ônibus Tres Cruces, no centro de Montevidéu. Confortável, com ar condicionado e bagageiro, a rota começa a operar às 6h e permanece com ônibus frequentes, a cada 30 minutos ou 1 hora, até as 1h30. O valor da passagem é cerca de R$ 20.

A partir do terminal Tres Cruces será possível pegar um ônibus circular até o local da sua acomodação. Há também opções de táxis sem preço tabelado e aplicativos de transporte privado.

O Aeroporto Internacional de Carrasco é o principal destino para conseguir encontrar voos baratos para Montevidéu.

Onde se hospedar:
 
Por ser uma cidade pequena, não é difícil encontrar uma localização ideal para se hospedar em Montevidéu. Basicamente, a cidade oferece dois polos onde há uma maior concentração de turistas e estrutura.

No centro há opções muito procuradas para quem visita a cidade a trabalho, mas também acomodações mais baratas, como hostels e pensões. A região está próxima das principais atrações turísticas, como a prefeitura municipal, a cidade velha e o mercado do porto. No entanto, esta é uma área mais diurna e todo o comércio fecha durante a noite, tornando o centro um pouco deserto e sem muitas opções depois que o sol de põe. As proximidades do Teatro Solis e da Praça Independência são os locais do centro mais indicados para ficar, devido à proximidade com a cidade velha, que concentra algumas opções de bares e restaurantes para aproveitar a noite.

Um pouco mais distante dos pontos turísticos, porém com mais vida noturna e opções de entretenimento, a região da orla é bastante procurada por turistas. O fácil acesso ao centro da cidade, seja de ônibus ou taxi, além do belo visual da Rambla, fazem dos bairros de Pocitos e Punta Carretas os melhores lugares para ficar em Montevidéu, devido à boa estrutura da região, a proximidade com a praia, parques e ótimas opções de hotéis, bares e restaurantes.

Pontos turísticos:
 
Os principais pontos turísticos de Montevidéu estão espalhados pelo centro da cidade.

A Praça da Independência, onde havia os muros que protegiam a cidade e que hoje é representado pelo Portal da Cidadela, o seu último resquício, pode ser o ponto inicial para explorar a capital urugaia. Seguindo pela Avenida 18 de Julho será possível encontrar lojas, comércios e moradores locais indo e vindo do trabalho. É nesta via que você encontra os mais importantes edifícios, que contam a história da cidade ao revelar o seu passado histórico através do charme de pequenas ruas.

Ainda nas imediações da Praça é possível conhecer o Teatro Solis, o mais importante da cidade. Inaugurado em 1856, o teatro recebe hoje uma programação intensa e diversificada, com temporadas de shows de Candombe, uma dança com atabaques típicos da América do Sul que tem um papel significativo na cultura do Uruguai. Mas se a sua intenção é apenas conhecer o prédio, há visitas guiadas de terça a domingo que passam pelas salas de espetáculos e as instalações significativas do prédio. Os horários são variados e a visita custa cerca de R$ 10.

Atravessando o Portal da Cidadela, você poderá explorar todo o encanto e clima rústico da Cidade Velha. Caminhe pela rua Sarandi e conheça o artesanato e comidinhas típicas nas diversas lojinhas e vendedores ambulantes que ocupam o calçadão, faça uma pausa para fotos na Praça Matriz e guarde o seu apetite para apreciar ótimas opções de carnes no Mercado do Porto.

Fora da região central, o Parque Rodó, um dos mais famosos da cidade, é o lugar ideal para passar um dia de sol, com clima ameno, e apreciar o visual da Rambla. As praias de Pocitos também são uma ótima opção de diversão, sobretudo para apreciar o pôr do sol.

Aos domingos, a feira Tristán Narvaja, localizada na rua de mesmo nome, no bairro Cordón, é o lugar ideal para quem gosta de garimpar antiguidades, comprar lembranças da cidade ou qualquer outro item que faz parte das variadas opções da feira, como roupas, discos, plantas e mais.

Cidades próximas:
 
Você pode aproveitar a sua visita a Montevidéu para explorar outros destinos turísticos próximos à capital. Devido a sua localização privilegiada, é possível fazer um bate e volta para outras cidades uruguaias ou até mesmo dar uma chegadinha na Argentina. Veja algumas opções e garanta logo as suas passagens para Montevidéu:

Punta del Este
 
Punta del Este é o principal destino do verão Uruguaio. A 130km de Montevidéu, reúne praias de águas doces e salgadas, cassinos, boa gastronomia e muita diversão durante os meses de dezembro a março. Partindo do terminal Tres Cruces é possível encontrar ônibus durante todo o dia. A viagem dura cerca de 1 hora e meia.

Colônia do Sacramento
 
Há 180 km de Montevidéu, Colônia do Sacramento, uma pequena cidade às margens do Rio da Prata colonizada por portugueses, te convida para um dia de tranquilidade, aliado a belas paisagens, charmosos restaurantes e caminhadas por ruas de pedras, arborizadas e rodeadas por casas rústicas que vai dar a impressão de que você voltou no tempo. Os ônibus partem do terminal Tres Cruces e a viagem dura cerca de 2 horas e meia.

Buenos Aires
 
Em uma travessia de uma hora de barco partindo de Colônia do Sacramento, e 3 horas partindo de Montevidéu, é possível desembarcar na alegre de vibrante Buenos Aires, capital da Argentina. A travessia do Rio da Prata já é uma atração à parte e a visita de alguns dias a Buenos Aires pode fazer a sua viagem ficar ainda mais completa, ao também poder experimentar a cultura, gastronomia e lazer da capital portenha.

Informações:
 
Brasileiros não precisam de visto para entrar no Uruguai, portanto, não há problemas em garantir logo as passagens para Montevidéu. Para entrar no país basta apenas um passaporte válido ou o documento de RG em bom estado de conservação. Recomenda-se que ele tenha sido expedido há, pelo menos, 10 anos. Não são necessárias vacinas ou outras burocracias para viajar.

Dados demográficos:
 
População: 1,38 milhão
 Horário local: GMT -3
 Moeda local: UYU (Peso Uruguaio)
 Idioma: Espanhol