Thumper

A apresentação de Thumper parece a abertura de Star Trek, mas é basicamente uma das coisas mais intensas que você já jogou ultimamente. A primeira fase é uma espécie de tutorial, apesar de ser um jogo de ritmo, isto não fica tão claro no início. É um jogo de sequências “acertadas” por algo parecido como um besouro do espaço.

O legal é que todo o visual psicodélico, que te exige muita concentração, fica mais realista pois ele está disponível para Playstation VR e PC VR, então para quem gosta de realidade aumentada nível extreme pode ser uma boa opção.

O grande ponto desse game é que os ritmos apresentados são tão sutis que quem te assiste jogando não consegue diferenciar qual o momento mais correto para você realizar os ataques e seu cérebro automaticamente distingue os momentos certos conforme você joga, ou seja, é um jogo que estimula a sua prática.

Cada fase é um mundo diferente e não se trata necessariamente de um jogo ‘fácil’, pelo contrário, exige muito de sua capacidade mental.

Imagine um besouro espacial dentro de um túnel que percorre uma pista/montanha russa com elementos visuais e trilhas sonoras muito cerebrais que te cobram intensamente um raciocínio rápido (não jogue com pessoas por perto, pode parecer entediante já que você não vai acertar muito).

Cada fase conta com um subchefe para ser derrotado e ao final de cada fase existe um chefe.

Thumper está disponível para PC e PlayStation 4 (e também pode ser jogado com o PS VR). No Steam seu preço base é de R$36,99. Na PSN, seu valor é de US$ 19,99 ou R$ 61,50.

Bruno Thomazelli

www.BrunoThomazelli.com.br

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.