Felicidade é quando você está vivendo um momento e não quer que ele acabe. É quando consegue perceber esses infinitos encontros com pequenos prazeres dentro do seu dia. Felicidade é um estado de espírito, uma leveza na alma, pequenas faíscas que saem do peito e tomam conta do espaço, aquela silenciosa e aconchegante sensação de paz.

Felicidade é o breve encontro do espírito com o equilíbrio aqui na Terra, uma borboleta que repousa por alguns segundos, só para dar o ar da graça. Não dá para tocar, não há nada para fazer além de sorrir e observar. A felicidade mora nessas frestas da vida, na fragilidade das coisas, na efêmera beleza do universo, na capacidade de contemplar. Um movimento um pouco mais brusco e essa borboleta levantaria vôo, levando junto a magia que estava ali no ar. Felicidade é tipo isso: ser livre para ir, às vezes escolher ficar.

A felicidade mora no detalhe, no sutil, no fundo do baú das memórias, nos sorrisos que a vida nos dá.

Felicidade é a mais pura capacidade de vivenciar o agora, é a consciência da grandeza de cada momento que a vida nos dá.

Para mim não existe uma busca, ela sempre está por lá. É só voltar a atenção para o todo, e com amor e paciência, aguardar o despertar.

Like what you read? Give b side a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.