Melhores filmes desconhecidos que vi em 2015-Parte 1

2015 acabou e com ele fecho minha lista de listas. Sim, sou aficionado por listas: música, livros, filmes etc. Algumas delas bem pessoais e sem sentido como esta que estou dividindo com vocês. É pessoal porque quem decide se o filme é bom ou não sou eu. É sem sentido porque embora eu tenha visto esses longas em 2015, alguns não são de 2015.

Mas isso não importa. O que interessa é que quem gosta de cinema sabe que depois de ver todos os lançamentos e blockbusters possíveis em um mês e ficar sem ter o que assistir, é inevitável sair a procura de coisas não tão conhecidas, mas que podem render um bom entretenimento diante da TV.

7 Caixas

Paraguai (2012)

Filme paraguaio que narra a história de um garoto que ganha a vida oferecendo seu carrinho de madeira para carregar as compras das pessoas na feira. Isso até receber uma nota de cem dólares para carregar 7 caixas com conteúdo secreto. O filme tem um ritmo frenético que empolga do início ao fim. A fotografia excelente lembra muito Cidade de Deus. Um thriller que se passa em uma feira livre no Paraguai. Merece ou não merece ser visto?


Respire

França (2014)

Película francesa que mostra o início de uma paixão entre duas meninas. Lembrou de alguma coisa? Para mim foi inevitável comparar com Azul é A Cor Mais Quente. Em Respire, o surgimento do amor é revelado para o telespectador aos poucos, passando sutilmente por todas as fases de uma primeira paixão, inclusive as mazelas que ela pode causar. Um filme de amor para quem tem fígado.


O Passado

França (2013)

Outro drama francês focado em relações interpessoais. Aqui acompanhamos o fim do casamento entre um marido iraniano com uma esposa francesa. Após o fim do relacionamento ele se vê obrigado a voltar à França para assinar os papéis do divórcio. Ao chegar à antiga casa, ele se depara com um cenário de brigas intensas entre sua enteada e sua ex-mulher. A partir daí decide descobrir o motivo de tantas brigas e mágoas.


La Isla Minima

Espanha (2014)

A tradução do título desse filme aqui no Brasil é tão escrota que me recusei a escrever aqui. La Isla Mínima apresenta uma dupla de policiais madrilenhos que vão investigar a morte de duas adolescentes em uma cidadezinha espanhola. Excelente suspense policial.


Gabrielle

Canadá (2013)

Gabrielle tem Síndrome de Williams, uma doença muito parecida com autismo, que apresenta uma série de sintomas como: desenvolvimento mental lento, dificuldade de leitura, um interesse exagerado por música, dentre outros. Tudo isso não importa quando Gabrielle se apaixona e decide morar sozinha. A atriz que interpreta Gabrielle tem a Síndrome de Williams na vida real, o que deixa o filme muito mais visceral e bonito. Uma linda história de amor.


Magical Girl

Espanha (2014)

Eleito melhor filme e melhor direção no Festival de San Sebastián, o longa espanhol gira em torno da história de uma menina com leucemia. Ela pede um traje cosplay de presente de aniversário para o pai que, sem dinheiro, decide ir até as últimas consequências para conseguir realizar o sonho da filha doente. Um filme surpreendente


Continua…

Like what you read? Give Sandro Bueno a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.