A melhor estratégia do mundo

O conceito de estratégia vem do latim strategĭa… Ah, provavelmente você já deve ter aprendido isso em alguma outra leitura ou no filme Tropa de Elite, então vou pular essa parte.

Dando uma contextualizada bem objetiva, a estratégia surgiu na guerra para conduzir o exército a ter êxito em seu objetivo, que era, no caso, destruir o coleguinha que incomodava de alguma forma.

Mesmo com essa origem destrutiva, a estratégia é necessária para que as empresas alcancem seus objetivos, sendo o foco, neste caso, ao invés de matar pessoas, agregar algo positivo na vida delas.

Alguns autores afirmam que a estratégia só é útil quando uma empresa possui competidores. Concordo em partes… Claro que a concorrência tira os empresários da zona de conforto e faz a galera se mexer, buscando alternativas de se diferenciarem de alguma forma. Porém, acho mais importante pensarmos em estratégia com o foco em alcançar objetivos do que destruir possíveis concorrentes.

Sun Tzu que me perdoe, mas A Arte da Guerra não faz muito sentido nos dias atuais (ou não deveria fazer, pelo menos). As pessoas precisam pensar estrategicamente visando conquistar seus desejos, que na maioria dos casos estão atrelados a dinheiro e, nos melhores casos, também tem a ver com sonhos intangíveis.

Acho do caralho quando conheço empresários que querem, além de ganhar dinheiro, contribuir com a evolução e educação do setor. É muito foda, no bom sentido, saber que há donos de empresa que querem deixar um legado de verdade, agregando algo positivo na vida de todos os stakeholders. Pena que escuto pouco isso, mas enfim…

Independentemente dos objetivos que uma empresa queira alcançar, o que fazer? A estratégia é justamente esse “o que fazer” que acaba ditando um norte para o plano traçar o “como fazer”. O problema é que estratégia virou commodity… Joga na internet que você vai achar um monte de estratégia mirabolante e, para o meu incômodo, a maioria dos autores resolvem colocar a palavra “marketing” junto. Outbound Marketing, Inbound Marketing, Facebook Marketing…

Não estou afirmando que essas estratégias não funcionam, muito pelo contrário. Meu problema é apenas com essa utilização desnecessária do termo “marketing” em tudo. Mas OK, já passou. Texto que segue.

Em meio a milhares de possibilidades, eu afirmo que a melhor estratégia do mundo é fazer amigos.

Você já ouviu falar na teoria dos 6 graus de separação, que afirma que no máximo seis pessoas separam você de qualquer indivíduo no mundo? (O Facebook até diminuiu esse dado para 3,5 recentemente) Se o objetivo das empresas é comercializar algo, mesmo que seu foco seja outra empresa, são pessoas ofertando algo para outras pessoas. Sendo assim, para que haja uma boa conexão entre pessoas é necessário que elas se conheçam, tenham um diálogo interessante, aproximem-se e, por fim, tenham uma relação de amizade. E, com base na teoria que citei acima, conseguindo ampliar cada vez mais essa rede dá pra alcançar o mundo inteiro.

Quando uma empresa consegue se conectar com seus públicos a ponto de estabelecer um elo de amizade, pronto. Os objetivos serão alcançados, novos amigos surgirão e todos ficarão felizes.

Uma marca bem relacionada, que seja percebida como amiga de seus públicos de interesse, com certeza terá vantagem competitiva e tem mais chances de conquistar seus desejos. Óbvio que não é pra deixar de lado a qualidade do(s) produto(s)/serviço(s) e os outros “Ps” de um negócio. Mas num mundo onde todos aparentam ser iguais, destacam-se aqueles com mais amigos, não tem jeito.

Que fique claro que não tô falando aqui especificadamente de Marketing de Indicação ou Marketing de Relacionamento (olha o “marketing” aí de novo), e sim de uma postura mais próxima das empresas com seus públicos. Nesse sentido, há várias formas de aproximação, sendo que a “verdade” é item obrigatório em todos os pontos de contato.

Compreenda bem seus públicos e aproxime-se deles com uma comunicação transparente. Com certeza amizades verdadeiras serão construídas e a chance disso se multiplicar tende a ser alta.
Obrigado. =P