Resenha: “Lion: Uma jornada para casa”, de Garth Davis (2016)

Este filme, uma adaptação do livro “A Long Way Home” de Saroo Brierley, conta a história do pequenino Saroo (Sunny Pawar), que se perde de seu irmão mais velho numa estação de trem na Índia, e sobrevive a vários percalços até ser adotado por um casal australiano (Nicole Kidman e David Wenham). Vinte e cinco anos depois, Saroo (Dev Patel) decide procurar sua família. mudando assim radicalmente sua atual vida tranquila.

A premissa é ótima, e a direção de Garth Davis parece bem competente, principalmente aliada à sua fotografia e a delicada trilha sonora. Dev Patel e Nicole Kidman abraçam bem seus papéis, e Rooney Mara, que interpreta a namorada de Saroo, me parece pouco aproveitada pelo talento que tem. Mas quem rouba o filme é o pequeno Sunny Pawar, com sua simpatia e nos momentos de apelo emocional que o filme traz.

Porém, a estrutura narrativa e, por tabela, a montagem do filme, nos passa a impressão do filme estar sendo conduzido num ritmo, e no terço final a história se desacelera, se tornando corrida como se estivesse com pouco tempo para concluir a história, e para mim isso foi bem decepcionante pelos bons rumos que a história estava indo, uma pena.

Nota do autor da resenha: 7,5/10,0