A luta da mente

A mente me faz delirar
Me faz prisioneiro de suas perversas intenções
De respostas inacabadas 
Às mais infundadas questões

Me faz lutar contra a insanidade a cada passo
A cada suspiro, a cada respiração
Tenho que continuar sobrevivendo sob a sua intenção

Quero fugir daqui, direto para minha liberdade
Liberdade de pensamento, de emoção
Quero sentir meu coração acelerar novamente
E não achar que o mundo acabará por isso
Quero sentir o arrepio sem medo

Quero viajar centenas de quilômetros para te ver
Sem saber se a viagem será angustiante e dolorosa
Ou uma experiência como qualquer outra
Com o sorriso no rosto, e você na cabeça

Quero correr atrás dos meus sonhos,
Sem uma sombra a me perseguir
Sem meu cérebro lutar contra mim
Você que me escuta, estamos juntos nessa luta
Um dia te pego sorrindo por aí
Por acabar com essa disputa
Entre a calmaria e a angústia

Like what you read? Give Palavras do Fisca a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.