Lavando a memória

Já faz tanto tempo
Que não imaginei
Que ia escrever sobre você mais uma vez

Ver você e tentar desviar para não demonstrar
Que estaria abalado
Que não ficaria bem ao seu lado
Porque no fundo, ainda sobra um pouco de você em mim

Ainda sobra esse sorriso fácil
Esse seu olhar marcante
Essa sua boca inesquecível

Ainda sobra sua pele bronzeada brilhando ao longe
Seu jeito de viver feliz
E eu tentei, juro que tentei, ficar o mais longe que pude

Tentei fugir da realidade
Que a verdade, é que nunca esquecerei
Eu nunca esqueci alguém que marcou para mim
E nunca te esquecerei

Que fique os poucos momentos de ilusão e alegria
Espero te ver muito feliz um dia

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Palavras do Fisca’s story.