Me faz parar de te querer

Me faz parar de te querer
Diga alguma besteira, alguma insensatez
Comece a despejar palavras vãs por essa sua linda boca
Jogue suas inseguranças em cima de mim
Ou esfregue as minhas na minha cara

Não fique me deixando com mais vontade
Não fale coisas que eu gosto
Nem pense como eu
Seja conservadora, leviana, e não defenda o que pensa

Deixe de se motivar pelas pessoas,
Pelos sonhos, pelos desejos

Não seja quem você quer ser
E não procure a sua verdade
Seja uma mentira, uma falácia

Não me responda mais, nem queira que eu te responda
Seja insensível, imcompreensiva
Esqueça sua fraternidade em casa, e não me venha com compaixão

Jogue tudo o que me falou no chão
Esqueça os elogios que me fez
Não os mereço mais, não sou digno de nota

Porque se continuares assim, do jeito que está
Dificil irá ficar, não te querer será como lutar
Contra meu próprio ser, contra o que eu quero ser
E continuo vendo, tudo isso em você
Por favor, me faz parar de te querer

Like what you read? Give Palavras do Fisca a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.