Talvez eu tenha

E agora, me ensine o que fazer
Me ensine os caminhos que tenho que percorrer
A vida que tenho que escolher
Para ficar mais perto de você

Talvez eu tenha que sumir…
Se esgueirar por aí, iludir
Iludir a quem quer que seja
Dizendo que assim estou bem

Talvez eu tenha que deixar…
Tudo o que penso sobre amar
E viver uma mentira
Esperando isso acabar

Talvez nunca vá acontecer…
E eu tenha que entender
Que você não é para mim

Você não foi feita para alguém assim
Foi feita para os que parecem grandes
E não aos grandes por sua natureza

Posso estar sendo rude, e se assim for
Me perdoe

Mas não posso acreditar…
Que por isso tenha que passar

O momento pode ser errado
Confesso, também não é do meu agrado
E se assim for, vou seguir por onde devo ir
Esperando que um dia, outro alguém venha assumir

Like what you read? Give Palavras do Fisca a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.