Opa Caio, tudo bem?
Rafael Rozendo
11

Sou designer também e gostaria de saber se você tem alguma informação a respeito da receptividade de designers nesse desafio…

Oi Rafael, tudo bem! Por ai? :)

Eu achava que a receptividade do evento seria um pouco maior para quem trabalha na parte criativa. Inclusive, durante a entrevista, tive que dizer o porque eles deveriam escolher um(a) designer e não um dev para o evento — confesso que achei a indagação injusta.

Um hacker é uma pessoa que consegue encontrar ou cria soluções ainda não pensadas.

No meu ponto de vista, um(a) hacker não está apenas ligado(a) a parte de desenvolvimento, mas também a parte criativa ou de resolução de problemas — seja ele digitais, sociais, de saúde, etc..


Sobre a impressão que tive durante a entrevista, foi a de que o evento estava focado apenas em pessoas que desenvolvem, mas acredito que devem ter tido uma ou outro criativo no evento. Seria legal ter participado, mas não rolou.

Minha sugestão é que o evento promova um ambiente multidisciplinar para pessoas de diferentes backgrounds — não apenas devs.