Nossa experiência como curadores do Path: um festival que você precisa ir!

Desescolarização, empoderamento jovem, empreendedorismo criativo, desenvolvimento humano. Tudo isso será debatido por pessoas incríveis de várias partes do Brasil — no Festival Path, o maior festival de inovação e criatividade do país.

Este ano fui convidado para ser um dos curadores do braço de educação desse evento que vai mudar a rotina de Pinheiros e da Vila Madalena em 14 e 15 de maio. Além de educação, a programação conta com painéis e atividades sobre música, esporte, empreendedorismo, sustentabilidade, trabalho, gênero, tecnologia, entre outras. Tudo ao mesmo tempo, recheando uma agenda de mais de 300 horas de atividades espalhadas por nove espaços do bairro.

Fazer essa curadoria foi algo mágico e extremamente desafiador. Junto com Alex Bretas, do Uncollege Brasil e meu parceiro na curadoria, listamos pelo menos uma centena de nomes que se encaixaram em mais de 20 painéis. No processo, pesquisamos e aprendemos muito, conhecemos pessoas e projetos novos, até que conseguimos chegar aos 10 painéis sobre educação que entraram na programação do evento.

Nesses painéis, a diversidade de palestrantes é essencial para mostrar um panorama das tendências na área, inspirar e mostrar caminhos de atuação para os participantes. Teremos painéis como “Lições do Capão”, com três jovens e uma jovem senhora, que vão contar sobre as transformações que têm protagonizado no Capão Redondo, uma das regiões mais violentas de São Paulo. Também teremos a oportunidade de interagir com pessoas como Edgard Gouveia Jr., que usa a gamificação para criar pequenas e grandes revoluções. Entre tantas outras experiências valiosas.

Saiba mais e garanta seu ingresso em www.festivalpath.com.br.