sou um fractal vazio
incessantemente se repetindo
sobre o meu eu

no nada inerente
no espaço vão

um buraco negro 
de densidade infinitamente negativa

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.