Eli vem

Segunda vez que eu tento escrever sobre a mesma coisa, já tinha feito um texto lindo e bem detalhado sobre o filme O livro de Eli, bom, estava empolgado, e agora desanimado. Mas nada que me tire o foco e faça o que foi proposto em aula de produção de vídeo com o professor Camarão.

Então, decidi falar um pouco sobre o filme O livro de Eli, que me prendeu de uma forma inexplicável, além da historia que é muito bem contada, a trama em si, tem um desfecho muito bom, mas que não foi o ponto G.

O filme que conta a historia de Eli interpretado por Denzel Washington, que apos a guerra civil e a grande explosão que devastou o planeta, tornando obsoleto tudo que era conhecido e abundante, recebe uma missão divina de procurar e encontrar o ultimo livro sagrado existente na terra, que, por conta dos efeitos da guerra, queimaram todos os exemplares existentes. Ao longo da historia Eli já se mostra um homem sábio e muito sagas, apesar de sua idade.

quando se depara com um vilarejo e para pra carregar a phanton 900 um tipo de bateria dos anos 90, em uma loja de artefatos, logo em seguida vê alguns homens do bando de Carnegie interpretado por Gary Oldman, que retornam ao seu cinema bar, para a trama, Carnegie também esta atras do livro sagrado e para consegui-lo, usa todas suas forças e seus capangas. A trama tem uma virada quando Eli não aceita a proposta de Carnegie, quando fica sabendo que Eli possui o livro, ai começa as cenas de ação do filme. Com perseguição, tiroteio e tudo que um bom filme de ação tem direto.

Plano geral — mostra o contexto o cenário caótico e o tempo em que se passa a historia, com a coloração de sépia, da ainda mais dramaticidade no contexto de pós guerra e destruição do filme.

Plano médio — começa a esboçar alguns detalhes dos personagens e o que eles carregam como historia, como houve uma grande guerra, tudo que existia ficou obsoleto, inclusive a produção mundial… Roupas já não são mais as mesmas, alimentos são bem difíceis de ser encontrados, e o ultimo e não menos importante, não existe mais petróleo e a água se torna rara, assim custando muito dinheiro e como já não existe mais dinheiro, usa-se de todas as formas de troca.

Plano detalhe —”Já se passaram 30 invernos desde a explosão” Eli. Mostra toda as marcas de um homem cansado pelo tempo de peregrinação, suas cicatrizes e suas marcas de expressão que o tempo se encarregou de fazê-lo, mas por outro lado um homem determinado a cumprir sua missão na terra.

O desfecho do filme não é tão interessante quando o contexto em si. o que me prende mesmo é a historia contada de forma “moderna” da peregrinação de um profeta que lutou pela humanidade que fez de tudo para salvar a todos e deu a sua vida para nos proteger, Jesus Cristo.

no final do filme Eli consegue chegar ao seu destino que é uma grande fortaleza onde se encontram todas as obras literárias ainda existentes no planeta, um velho sábio que escreveu toda a Bíblia que agora se encontrava na memória de Eli, pois o livro havia se perdido e ainda, o mais impressionante, o livro estava escrito em braile e Eli era cego.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Caio Pacelli’s story.