Eu queria que isso fosse uma brincadeira, Sr. Feynman!
Flávio Gonçalves
2545

Prezado autor.. não encontrei seu nome pela página…

É uma pena, mas eu concordo com você não só pela análise do ensino médio, onde você leciona, mas num grau acima, na faculdade.

Eu faço economia, e vejo exatamente isso acontecendo, não só na memorização de equações, como de textos, sem que haja qualquer interpretação ou abstração.

Eu pretendo lecionar na graduação, quem sabe consigo influenciar de um jeito diferente, um grupo pequeno de alunos que seja

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.