Desejos

Meninas cis gênero

altas

Baixas

Gordas

Brancas, a maioria pretas. Ainda falta as asiáticas

Cabelo liso, ondulado, cacheado ou crespo. Ainda faltam as carecas.

Que usam óculos e que não usam óculos

Peitudas, sem peitos

Bundudas, sem bunda

Cabelo comprido, cabelo curto

Beijo bom, outras nem tanto

Safadas, santas, reflexivas demais e outras que pediram mais

Teve as que eu não beijei

Que gostaram de dedadas

Teve quem se apegou com a minha língua em seus lábios (não disse quais) e quem gostou de me ter dentro de si e que eu gostei de estar dentro, dentro de ti.

Que me deixaram depois do primeiro encontro, nunca mandaram mensagem e teve quem se apegou e me cuidou todos os dias.

Amigas. Outras nem tanto, foram só de rolê.

Que eu descuidei, outras que eu não quis parar de cuidar

Que me deram tesão a 100 metros de mim.

Meninos cis gênero

Bonitos. Outros nem tanto.

Gordos

Magros

Pretos, pardos, brancos. Nenhum judeu ou asiático.

De pau grosso, nenhum tão grande. Outros de pau pequeno e que os masturbei por empatia.

Depilados. Outros traziam a Mata Atlântica dentro da calça.

Barbados, outros por fazer

Gays e unicórnios

Que eu tentei entrar, mas não era a minha praia

Que entraram e eu acolhi

Que eu escolhi e outros ainda vivem aqui

Pelo Tinder há vários.

Que eu tive medo e não confiei. Outros que eu quero casar com o beijo, o abraço.

Que me enchem de beijo e carinho

Cheirosos

Que tenho saudade. Me manda um alô!

Grandes, nenhum menor que eu

Que se apegaram e eu não cuidei

Que eu tentei algo sério, me apeguei ao cheiro de mar em seu pescoço.

Trans não-bináries

Corpos e jeitos que me atraem

Corrompido aos 10 anos pela heteronormatividade. Famílias que me distraem e tiram meu foco, me levam ao desejo binário, enquanto meus desejos dizem “Não. Não binário”.

Me colocam em um cenário de dualidade. Apagam minha bandeira, não falam sobre bissexualidade.

Portanto, trans são corpos e jeitos que me atraem.

Fonte: http://ltdathayde.tumblr.com