Cleiton Gladiador decide e Rio Branco vence o Linhares na abertura do Capixabão 2016

Primeiro reforço anunciado para a temporada, Cleiton Gladiador fez por merecer a confiança do Rio Branco, que em busca de um goleador trouxe o atleta cinco anos após sua primeira passagem pelo clube. Mais do que marcar o primeiro gol alvinegro no ano, o atacante evitou um tropeço diante de um Linhares que foi melhor em campo durante boa parte do jogo. A vitória por 1 a 0 na noite desta quinta-feira, no Estádio Engenheiro Araripe, veio como um alívio, trazendo mais esperança ao time que busca o bicampeonato.

A noite que foi de Cleiton também foi de homenagens. Tia Penha, torcedora símbolo do Rio Branco, teve seu rosto multiplicado em fotos exibidas por torcedores. As letras de seu nome também apareceram nas arquibancadas, que pulsaram quando o time entrou em campo com cada jogador levando uma faixa preta no braço. Ela faleceu na quarta-feira, após acompanhar o Capa-preta por mais de sete décadas.

O Rio Branco folga na segunda rodada e volta a campo no dia 13 de fevereiro, contra o Real Noroeste, em Águia Branca. Já a Coruja encara o mesmo Real, mas na próxima quarta-feira, em casa, no Estádio Joaquim Calmon.

A partida começou com domínio linharense, mas quem chegou com perigo pela primeira vez foi o Rio Branco, em um cruzamento de Ratinho que quase terminou no gol de Willy. Depois disso o atual campeão capixaba pouco levou perigo ao goleiro Hiran. Com muito mais eficiência a Coruja arriscou pouco depois, com Joílson fazendo Walter trabalhar.

Apesar de ter mais posse de bola, o Rio Branco não conseguia ser eficiente na troca de passes, principalmente em seu campo ofensivo, arriscando quase sempre nas jogadas aéreas. O Linhares também não avançava muito, mas quando se lançava ao ataque era mais perigoso. Antes de terminar a primeira etapa, Walter ainda precisou fazer outra boa defesa, dessa vez após chute de Paulo Roberto.

O time visitante voltou com tudo para o segundo tempo. Azar para Walter, que teve que trabalhar mais uma vez no chute de Adriel, logo aos três minutos. Mas foi do outro lado que a rede balançou pela primeira vez. Ratinho deixou dois marcadores para trás aos oito minutos e tocou para Cleiton, que tentou duas vezes para vencer Hiran e marcar o primeiro gol capa-preta no ano.

O goleiro Walter ainda teve que se virar para evitar novas investidas do time alvianil, mas o Brancão melhorou após a entrada de Gugu no lugar de Flávio, colocando fogo no jogo.

Rio Branco 1 x 0 Linhares

Rio Branco: Walter; Ivan, Santiago, Marco Antônio e Murilo (Berg); Léo Oliveira, André Luiz, Flávio (Gugu) e Ratinho; Cleiton Gladiador (Willy) e Felipe Capixaba. Técnico: Alexandre Grasseli

Linhares: Hiran; Cássio, Jailson, Wagner e Bruno Morgan; Caio (Léo Coutinho), Adriano, Gagai (Wendel) e Paulo Roberto; Zé Augusto e Adriel. Técnico: Roberto Calmon

Gol: Cleiton Gladiador

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.