1987 #4: papo reto

De peito aberto, coração exposto e mente a postos, 
escancaro a minha verdade, a minha história
Aqui o papo é reto, direito, sem desvios ou curvas 
Curvas mesmo só as minhas, sem retoques 
A vida tem que ser sem Photoshop.

Por ter tanto, adquiri uma claustrofobia emocional
não fico mais onde não me cabe, 
até porque eu quase já não caibo mais em mim

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Claudia Cardoso’s story.