Olaria assina com atacante que possui passagens por Flamengo e Fluminense

Após Russo, Éder, Jobinho, Lipe e Dejavan, equipe da Rua Bariri acerta com novo reforço para a sequência da temporada, o campeonato estadual

Nesta sexta-feira (7), o Olaria fechou a contratação de um atacante veterano para a disputa da Série B1 do Campeonato Carioca. Trata-se de Josafá, centroavante de 37 anos, que possui passagens por Flamengo e Fluminense, sendo seu último clube o Bonsucesso.

O jogador realizou seu primeiro treinamento junto aos companheiros durante a sexta-feira, dia em que foi anunciado, no Sindicato dos Atletas, apesar de ainda não ter condições de jogo e precisar de recondicionamento físico. Apesar disso, o técnico Fernando Santos ficou empolgado com a contratação do atacante e teceu elogios, afirmando que Josafá será muito importante para a equipe alvianil:

À direita, o novo reforço do Olaria. Foto: Raffa Tamburini

– Meu primeiro contato com ele foi muito bom. É um jogador que ainda tem ambições na carreira e muito o que acrescentar. Se adaptou tranquilamente ao nosso grupo, que é de jovens, já pôde passar a experiência dele, que é importante. E nos treinos com bola ele mostrou que ainda é aquele Josafá com faro de gol, então isso nos deixa muito otimistas com ele, com o que pode somar à nossa equipe. Dentro das características do campeonato, que é muito equilibrada, acho que temos um time forte e que vai brigar na parte de cima.

O Olaria vem fechando com vários reforços nas últimas semanas. Já havia fechado com Éder, Russo, Jobinho, Lipe e Dejavan, buscando fortalecer o elenco que buscará o acesso no Campeonato Carioca. O próximo compromisso da equipe será no sábado, contra a equipe do Bela Vista, da terceira divisão do estado, em um amistoso preparatório.

Josafá passou por diversos clubes do futebol carioca, sendo eles: Bangu, Madureira, Bonsucesso, Boavista e os grandes Fluminense, em 2003 e Flamengo, em 2005. Ainda jogou no Coritiba, além de outros times de menor expressão Brasil afora.

Josafá na época de Flamengo. Foto: Globoesporte.com
A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.