Algoritmos de Inteligência Artificial trazem possibilidades magníficas de otimização do trabalho, personalização da experiência e outras transformações positivas e mais do que nunca estão presentes nas nossas vidas e rotinas.

Mas esses algoritmos são maduros o suficiente para assumir as responsabilidades de suas decisões? Você realmente confiaria em algoritmos médicos para dar o diagnóstico de uma doença ou gostaria de ter também a opinião de um médico?

Mesmo sendo uma pesquisadora na área de Inteligência Artificial e Engenheira de Software, eu não confiaria 100% nas decisões desses sistemas.

Neste artigo, iremos discutir sobre vieses algorítmicos, Inteligência Artificial Explicável (tema da…


Com certeza, uma pandemia é capaz de mudar nossa visão de mundo e, principalmente, nossa percepção de tempo.

O que é o tempo? Como nós o utilizamos? Acordamos, tomamos café, banho e, entre uma reunião e outra, o tempo começa de novo, ou pode se esconder completamente, desaparecer. A distinção entre esse tempo e aquele tempo começa a ficar borrada.

A compreensão do tempo está perdida. Está escuro, mas você não precisa ir para a cama. O relógio que corre é o mesmo que conta as mortes. Os números marcam a diferença entre agora e um tempo atrás. …


Como vieses (conscientes e inconscientes) interferem nos algoritmos que criamos?

Imagine que alguém lhe proponha um jogo: diante de uma sequência de três números, tente deduzir qual a regra que os rege e crie outras sequências para testar se a regra é válida. A sequência é “2, 4, 6”. O que você diria?

Como a grande maioria das pessoas, você diria “8, 10, 12” e afirmaria que a regra é “Três números pares”. Pena que essa é a regra errada. A regra verdadeira não requer múltiplos de 2. Basta que os números estejam em ordem crescente.

Essa pegadinha foi criada pelo psicólogo britânico Peter Wason [1] em 1960, e põe…


Como a inteligência artificial pode prejudicar as minorias e ampliar desigualdade de gênero?

Ao mesmo tempo em que os algoritmos de Inteligência Artificial trazem possibilidades magníficas de otimização do trabalho, personalização da experiência e outras transformações positivas, também trazem riscos e desafios que precisam ser conhecidos e considerados antes de sua adoção.

A possibilidade de criar máquinas inteligentes levanta uma série de questões éticas das quais pouco ouço serem discutidas. É preciso ter claro que esses algoritmos são programados por pessoas, que injetam nesses códigos visões de mundo e vieses pessoais. Além disso, esses algoritmos são treinados com um grande volume de dados preexistentes que podem também conter distorções.

Já são muitos os…


Artigo original (publicado em 04/02/2019): https://www.technologyreview.com/s/612876/this-is-how-ai-bias-really-happensand-why-its-so-hard-to-fix/

Nos últimos meses, documentamos como a grande maioria das aplicações de Inteligência Artificial são baseadas na categoria de algoritmos conhecidos como Deep Learning, e como esses algoritmos reconhecem padrões nos dados. Além disso, incluímos como essas tecnologias afetam a vida das pessoas: como podem perpetuar injustiça no recrutamento, varejo e segurança e já podem estar afetando até o sistema penal.

No entanto, não basta saber que o viés existe. Se queremos corrigi-lo, precisamos entender como ele surge e quais mecanismos permitem que isso aconteça.

Como o viés na IA acontece?

Nós costumamos explicar o viés da IA atribuindo a culpa…


Quando chega essa época de fim de ano, natal, ano novo, é natural fazermos aquela retrospectiva na nossa mente, refletimos sobre o que conquistamos, perdemos e desistimos e, claro, começamos a planejar o ano seguinte. Foi no dia da festa de confraternização da empresa que percebi que o ano já passou, aliás, passou muito rápido.

Quando notei que já estamos no fim de dezembro eu quase entrei em desespero, mas ao mesmo tempo fiquei feliz. Aconteceu tanta coisa esse ano que eu nem sabia como começar esse texto. …


Todo mundo tem seus dias ruins. Quem nunca acordou se sentindo uma droga? Há dias que parece que o mundo conspira contra você, tudo que tem pra dar errado na sua vida, dá errado em um único dia. Você acorda atrasado, seu cabelo está horrível, esquece de fazer algo importante, tropeça numa pedra, chega em casa e descobre que perdeu a chave chave e fica se perguntando o que (diabos) está acontecendo…

E depois de tantos problemas, parece que a única coisa que resta é dormir para que aquele dia acabe logo e você possa recomeçar no dia seguinte. E…


Durante essa semana, viralizou no facebook e twitter o mais novo vídeo da youtuber Jout Jout. Após assistir o vídeo entendi perfeitamente o porquê: em quase nove minutos, Jout Jout lê o livro infantil A Parte que Falta, do poeta, músico e ilustrador Shel Silverstein.

Acredito que a reação exagerada sobre o vídeo diz muito mais sobre o mundo que estamos vivendo do que o próprio vídeo, né?

O vídeo foi lançado há menos de uma semana e já tem gente falando que foi uma virada de chave na vida, outros tatuando e falando o quanto o vídeo fez…


Desde a adolescência, sempre fui vista como uma pessoa extremamente ansiosa, estressada e eu parecia ser a única pessoa incapaz de ver minha saúde cada vez pior, enxaquecas cada vez mais frequentes, cabelo caindo cada vez mais… Eu não conseguia entender como manter a calma, como lidar com situações de stress, principalmente quando tudo sai do nosso controle. Depois dessas crises, essa frase abaixo fez todo sentido.

Acredito eu que todo mundo já passou por isso. Quem nunca sentiu aquele nó na garganta um pouco antes de falar em público? Ou antes de tomar uma decisão difícil? E frio…


Você adia tarefas, ações ou coisas que são realmente importantes pra você?

Você fica muitas vezes dando desculpas, que até parecem ser verdadeiras, quando está em busca dos seus objetivos?

Todos nós procrastinamos. Não importa se é apertando o botão de soneca, adiando a ida ao dentista ou “empurrando com a barriga” uma tarefa desagradável que está te esperando (você sabe, aquela tarefa…), todos nós temos coisas que amamos fazer e coisas que odiamos.

Ciclo da Procrastinação (Fonte: Neotriad)

O grande problema é quando isso interfere na nossa vida, trabalho, podendo ser um grande impedidor do sucesso de muita gente.

A pergunta é: por que…

Carla Vieira

Carla Vieira, 22 anos, engenheira de software, coordenadora no perifaCode e mestranda em Inteligência Artificial na USP.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store