Pontes

No emaranhado das confusões suas

Amarrei meu enredo

Desenhei falas

E desdobrei destinos

No entrecortado das confissões suas

Confundi meu medo

Escondi valas

E pedi cristalinos

20.02.2011

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Carlos F. Locoselli’s story.