Gratidão

Transcrição do vídeo canal do ted.com!!

Quando me formei na UCLA, fui morar no norte da Califórnia em uma pequena cidade chamada Elk na costa de Mendocino, e eu não tinha telefone, nem TV, mas tinha o correio, e a vida era boa naquela época, se vocês puderem lembrar. Eu ia à loja tomar café comer um brownie e enviava meu filme para São Francisco, e eis que, dois dias depois, ele chegava a minha porta, o que era bem melhor do que enfrentar o trânsitode Hollywood. (Música) Eu não tinha muito dinheiro, mas tinha tempo e um senso de encantamento. (Música)

0:51Então comecei a fazer fotos time-lapse. Levava um mês para fotografar um rolo de filme de quatro minutos, porque era o que dava para comprar.

1:01Venho continuamente fotografando flores em time-lapse, sem parar, 24 horas por dia, sete dias por semana, há mais de 30 anos, e o movimento que elas fazem é uma dança da qual nunca me cansarei. A beleza delas nos inunda com cor, sabor e toque.Delas provêm um terço do que comemos. (Música) Beleza e sedução são os instrumentos da natureza para sobreviver, pois protegemos o que nos apaixona. Isso abre nossos corações e nos faz perceber que somos parte da natureza e não nos separamos dela. Quando nos vemos na natureza, ela também nos conecta aos outros, porque é claro que tudo está interligado.

1:48Quando as pessoas veem minhas imagens, muitas vezes dizem “Ó Meu Deus.” Já pararam para pensar no significado disso? O “Ó” significa que a imagem prendeu sua atenção, ela o faz presente, atento. O “meu” significa que ela o une a algo profundoem sua alma. Ela cria um acesso para que sua voz interior se eleve e seja ouvida. E “Deus”? Deus é aquela viagem pessoal na qual queremos todos estar, para nos inspirarmos, e nos sentirmos ligados a um universo que celebra a vida.

2:23Sabiam que 80 por cento da informação que recebemos vêm através de nossos olhos? E se compararem a energia da luz às escalas musicais, o olho nu só conseguiria ver uma oitava, o que fica exatamente no centro? E como somos gratos por nossos cérebros conseguirem pegar esse impulso elétrico que vem da energia da luz para criar imagens a fim de explorarmos o mundo. E como somos gratos por termos corações que possam sentir essas vibrações que nos permitem sentir o prazere a beleza da natureza. (Música)

3:04A beleza da natureza é um presente que cultiva a valorização e gratidão. (Música)Tenho um presente para compartilhar com vocês hoje, um projeto no qual estou trabalhando chamado Felicidade Revelada, ele nos dará um vislumbre dessa perspectiva a partir do ponto de vista de uma criança e um idoso desse universo.

3:31Criança: Quando assisto a TV, são só alguns programas — que não são reais, e quando a gente explora, consegue mais imaginação do que já tinha, e quando a gente consegue mais imaginação, ela faz a gente querer ir mais fundo e aí a gente consegue mais e vê coisas muito lindíssimas, como o caminho, se é um caminho, ele poderia te levar a praia, ou qualquer coisa assim, e poderia ser lindo. (Música)

4:35Idoso: Você pensa que este é só mais um dia de sua vida? Não é só mais um dia. É o dia que lhe foi dado hoje. Ele lhe foi dado. É um presente. É o único presente que você tem neste momento, e a única reação apropriada é a gratidão. Se você apenas cultivar essa reação ao grande presente que é este dia único, se você aprender a reagir como se este fosse o primeiro dia de sua vida e o último, então você terá passado muito bem este dia.

5:45Comece abrindo os olhos e se surpreenda que tenha olhos que podem se abrir, essa incrível gama de cores que nos é constantemente oferecida para puro deleite. Olhe para o céu. Olhamos tão pouco para o céu. Raramente reparamos como ele é diferente de momento a momento, com nuvens indo e vindo. Pensamos no tempo, apenas, e mesmo em relação a ele, não pensamos sobre todas as suas nuances.Pensamos apenas em tempo bom e ruim. Este dia, agora, tem um tempo único, talvez um tipo que jamais voltará exatamente da mesma forma. Essa formação de nuvens no céu nunca será novamente como é agora. Abram os olhos. Vejam isso.

6:54Olhem nos rostos das pessoas que encontrarem. Cada uma tem uma história incrível por trás de seus rostos, uma história na qual vocês não poderiam nunca penetrar totalmente, não apenas a história deles, mas a história de seus antepassados. Nós todos retrocedemos tanto, e neste exato momento, neste dia, todas as pessoas que encontrarem, toda essa vida de gerações e de tantos lugares do mundo fluem juntas e nos encontram aqui como a água da vida, se apenas abrirem seus corações e beberem. (Música)

7:53Abram seus corações aos incríveis presentes que a civilização nos oferece.Pressionamos um interruptor e há luz elétrica. Abrimos uma torneira e há água morna ou fria, e água potável. É um presente que milhões de pessoas no mundo nunca experimentarão.

8:20Então estes são só alguns de um número enorme de presentes aos quais podemos abrir nossos corações. E assim desejo que abram seus corações a todas essas bençãos, e deixem elas fluirem através de vocês, assim todos que vocês encontrarem neste dia serão abençoados por vocês, simplesmente por seus olhos, sorriso, toque,simplesmente por sua presença. Deixe a gratidão transbordar-se em benção ao seu redor, e assim este será um bom dia. (Música)

9:26(Aplausos)

9:27Louie Schwartzberg: Obrigado. Muito obrigado. (Aplausos)

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.