Nós somos as historias que contamos a nós mesmo

00:11Entao, me pediram Pará ir filmar Esse Filme Chamado “Elizabeth.” E NÓS estávamos Falando Sobre Esse grande Ícone inglês e dizendo, “Ela e uma mulher fantástica. Ela Faz de Tudo. Como nos vamos apresenta-la?” ENTAO NOS demos Uma volta na mesa com o Estudio, OS Produtores EO escritor, e enguias vieram Até MIM e disseram, “Shekhar, O Que rápido Você acha?”

00:25E eu Disse, “Eu Acho Que ELA ESTÁ Dançando”.

00:28E eu pude ver todos olharem Para Mim, Alguém Disse, “Bollywood”.

00:33Um Outro Disse, “Por Quanto nos o contratamos?”

00:35E hum Terceiro Disse: “Vamos arrumar Diretor chamada outro.”

00:38Eu achei Que era se mudar Melhor. ASSIM NÓS discutimos Muito Sobre Como apresentar Elizabeth, e eu Disse, ok, TALVEZ SEJA eu Muito Bollywood. TALVEZ Elizabeth, ESSE grande Ícone, Dançando? Sobre o Que VOCÊS estao Falando? Entao eu reconsiderei um Toda Coisa, e ENTÃO NÓS todos chegamos a hum consensus. E aqui esta uma INTRODUÇÃO Desse grande Ícone Britânico Chamado “Elizabeth.”

01:02Leicester: Posso me juntar A Voce, minha dama?

01:14Elizabeth: Se ISSO o agradar, senhor. (Música)

02:01Shekhar Kapur: entao Ela estava Dançando. ASSIM Quantas PESSOAS Que assistiram Ao Filme NÃO entenderam that here estava uma mulher apaixonada, Que Ela era Completamente inocente e via grande alegria na vida, é Ela era Jovem? QUANTOS de VOCÊS NÃO entenderam ISSO? Esse É O Poder da narrativa visual. Esse É O Poder da dança. Esse É O Poder da Música. O Poder de Nao sabre.

02:25QUANDO eu saio parágrafo Dirigir Um Filme, Dias de Todos os nsa preparamos demais, NOS Pensamos demais. O Conhecimento Torna-se hum peso Em Cima da Sabedoria. Rápido Você SABE, PALAVRAS Simples perdidas na Areia movediça da Experiência. Entao eu apareço e digo, “O Que Eu Vou Fazer Hoje?” Eu nao vou Fazer o Que Eu planejei Fazer, e me coloco em absoluto Pânico. Essa E Minha Única Maneira de me livrar da Minha mente, livrar-me Dessa mente Que Diz, “Ei, rápido Você SABE O Que ESTÁ Fazendo. Rápido Você SABE exatamente O Que ESTÁ Fazendo. Rápido Você é hum Diretor, Você faz ISSO há ano.” Entao eu Tenho Que Chegar Lá e Estar em Pânico completo. Entao e Um gesto simbólico. Eu rasgo o Roteiro. Eu vou e entro em Pânico. Eu fico assustado. Eu Estou Fazendo Isto É ágora. Rápido Você PODE me observar. Estou Ficando nervoso. Eu Não Sei Dizer o que. Eu Não Sei O Que Estou Fazendo. Eu nao quero ir de Los Angeles.

03:10E QUANDO eu vou Los Angeles, claro, meu Assistente de Direção fala, “Você SABE O Que rápido Você vai Fazer, senhor.” Eu digo: “Claro Que sei.”

03:16E Executivos OS fazer Estúdio diriam, “Ei, olhem o Shekhar. He e Tao do Preparado”.E por dentro eu so estava Ouvindo Nusrat Fateh Ali Khan Porque ELE E caotico. Eu Estou me permitindo ENTRAR nenhum caos Porque a Partir do Caos, eu espero Que Alguns momentos de verdade virão. Toda PREPARACAO E PREPARACAO. Eu NEM MESMO sei se ISSO e honesto. Eu NEM MESMO sei Sé e Verdadeiro. A Verdade Disso Tudo VEM nenhum momento, organicamente, e Se Você obtem cinco Grandes momentos do Grande Material Orgânico narrativa em sua, em Seu Filme, Seu Público vai entender. E estou procurando POR aqueles momentos, Estou ali dizendo, “Eu Não Sei Dizer o que.”

03:52E, não FIM, todos estao olhando Para Você, 200 PESSOAS As Sete da manhã, that chegaram Lá quinze parágrafo sete, e Você Chegou como sete, e todos estao dizendo,”Ei. Qual è a Primeira Coisa? O Que Acontecer vai? “ E rápido Você se Põe em hum estado de Pânico em Que Você Não SABE, E ENTÃO Você Não Sabe. E ENTÃO, Porque Você Não SABE, Você está em orando PARA O universo Porque Você está em Orando PARA O universo para quê Alguma Coisa — Eu vou tentar e Acessar o universodo jeito Que Einstein — diga Uma Oração — acessou — SUAS Equações — a MESMA fonte — Eu estou procurando uma MESMA fonte Porque a criatividade VEM Absolutamente da MESMA fonte that rápido Você consideră em Algum Lugar fora de Si MESMO,fORA dO universo. Você está em PROCURANDO POR Alguma Coisa Que Chegue EO Acerte. Até ISSO atingi-lo, Você Não vai Fazer a Primeira cena. ENTAO O Que Você faz?

04:34Entao Kate Diz, “Shekhar, O Que rápido Você Quer Que Eu FAÇA?”

04:36E eu digo, “Kate, O Que rápido Você Quer Fazer?” (Risos) “rápido Você é atriz Uma grande, e eu gosto de presentear Meus Atores. Por Que Você Não me Mostra O Que rápido Você Quer Fazer.” (Risos) O Que Eu Estou Fazendo? Estou ritmo Tentando Ganhar. Eu Estou Tentando Ganhar ritmo.

04:50Entao a Primeira Coisa Sobre Contar estórias Que aprendi, e Que Eu sigo o ritmo TODO E, Pânico. Pânico E o grande Acesso a criatividade. Porque ESSE É O Único jeito de se livrar da SUA mente. Livre-se da SUA mente. Saia dela. Sair DEIXE. E vamos PARA O universo Porque Existe algo la que e Mais Verdadeiro Que SUA mente,Que É Mais Verdadeiro Que Seu universo. [indefinido], rápido Você Disse ISSO Ontem.Eu Estou APENAS repetindo Porque ISSO e O Que sigo constantemente Pará Encontrar o shunyata em Algum Lugar, o Vazio. Do Vazio VEM UM criatividade momento de. Entao ISSO É O Que Eu faço.

05:23QUANDO eu era hum garoto — Eu Tinha cerca de Oito ano. Rápido Você Lembra Como uma época Índia. De: Não havia Poluição. Em Déli, NOS vivíamos — NOS costumávamos Chama-lo chata OU Khota. Khota ágora Tornou-se hum palavrão.Significa O Terraço Deles — e NÓS costumávamos dormir fora à Noite. Na escola eu estava APENAS começando a Aprender física, e me disseram Que se Alguma Coisa Existe ENTÃO ELA E mensurável. Se NÃO E mensurável, NÃO Existe. E a UE Noite me ia deitar Lá Fora soluço O Céu NÃO poluído Como Deli costumava Ser Naquela Época, Quando eu era garoto, e eu costumava Olhar fixamente Para o universo e Falar, “Até Onde Esse universo vai?”

06:02Meu pai era médico. E eu refletia, “Papai, comeu Onde o universo vai?”

06:07E Dizia ELE, “Filho, ELE continua parágrafo sempre.”

06:10Entao eu Dizia, “favor Por, Meca parágrafo sempre Porque na escola enguias estao me ensinando Que se Eu Não Posso Medir algo, ELE NÃO Existe. ISSO NÃO entrava em meu Quadro de Referência”. Entao, comeu vai Onde a eternidade? O Que significa parágrafo sempre? E eu ficava deitado Lá Chorando A Noite Porque Minha Imaginação NÃO conseguia alcançar a criatividade.

06:31ENTAO O Que eu fiz? Naquela Época, na imatura Idade de sete anos, de Eu estória criei Uma. Qual estória Minha foi? E Eu Não sei Porque, mas eu Lembro da estória.Havia hum lenhador Que ESTÁ parágrafo Pegar Seu Machado e Cortar hum Pedaço de madeira, ea galáxia Inteira e Um átomo Daquele machado. E QUANDO Aquele machado atinge Aquele Pedaço de madeira, ISSO E QUANDO Todas quanto Coisas Vao Destruir e o big bang IRA Acontecer Novamente. Mas Antes de Tudo Mais ISSO havia hum lenhador. E ENTÃO QUANDO eu ia Acabar ESSA estória, Eu imaginava Que o Universo do lenhador e Um átomo não machado de Outro lenhador. ASSIM TODAS as vezes, eu poderia Contar Minha estória de novo e de novo e Superar ESSE Problema, e ASSIM eu superei o Problema.

07:17Como eu fiz ISSO? Conte estória UMA. Entao o Que É Uma estória? Uma estória é Nossa — Todos Nós. Nós Somos como Estórias that Contamos A nos mesmos. Neste universo, e Nesta existencia, Onde Vivemos com ESSA dualidade de existirmos OU NÃO e de Quem somos nós, como estórias that contamos à nos mesmos São como estórias that definem como POTENCIALIDADES da Nossa existencia. Nós Somos como Estórias that Contamos A nos mesmos. Entao ISSO e Tao do vasto Quanto olhamos Pará como estórias. Uma estória E o Relacionamento that rápido Você DESENVOLVE between Quem rápido Você é, e quem de rápido Você potencialmente E, eo Mundo infinito, E Essa é Nossa mitologia.

08:03NOS contamos Nossas estórias, e uma pessoa NÃO Existe SEM estória Uma. ASSIM Einstein Contou Uma estória e seguiu SUAS estórias e apareceu com SUAS Teorias e ENTÃO apareceu com SUAS Equações. Alexandre tinha Uma estória Que SUA Mãe costumava LHE Contar, e ELE Saiu Para conquistar o Mundo. O Nós todos, Mundo todo, TEM Uma estória that segue. O Nós contamos um mesmos NOS estórias. Entao, eu vou Mais longe, e digo, de Eu estória conto UMA, e portanto eu existo. Eu existo Porque existem estórias, e se NÃO existem estórias, NÓS NAO existimos. O Nós criamos estórias parágrafo Definir Nossa existencia. Se NÓS NÃO criamos como estórias, provavelmente ficamos loucos. Eu não sei. Nao tenho Certeza, mas ISSO É O Que Eu fiz o ritmo TODO.

08:48Agora, Um Filme. Um Filme estória Conta UMA. Eu costumo Imaginar when faço Um Filme — Estou pensando em Fazer Um Filme Sobre Buda — e eu frequentemente penso: Se Buda tivesse Todos Os Elementos that São datos a hum Diretor, se ELE tivesse música, se tivesse OS visuais, se ELE tivesse Uma Câmera de vídeo, teríamos hum Melhor Budismo? Mas ISSO coloca Como Que hum fardo sobre mim. Eu Tenho Que Contar Uma estória de Uma Maneira MUITO MAIS elaborada, mas eu Tenho o potencial. ELE E Chamado subtexto. QUANDO fui Pela Primeira vez Para Hollywood, enguias disseram — Eu costumava Falar Sobre subtexto, e meu agente Veio Até MIM,”Daria Pará rápido Você gentilmente NÃO Falar Sobre subtexto?” E eu Disse, “Por quê?” ELE Disse: “Porque ninguem vai te dar Um Filme Se Você Falar Sobre subtexto”. APENAS fale Sobre a trama e diga o quão maravilhoso IRA filmar O Filme,Quais Serao OS visuais. “

09:36ENTAO QUANDO eu Olho Para Um Filme, Aqui esta o Que NOS procuramos, NOS procuramos Uma estória não Nível da trama, ENTÃO procuramos Por uma aparencia Pará uma estória sem Psicológico Nível, ENTÃO NÓS procuramos Uma estória sem Político Nível, ENTÃO NÓS olhamos parágrafo Uma estória em hum Nível mitológico. E eu procuro Estórias em Cada Nível. Agora, Não E Necessário Que essas estórias concordem Uma com A Outra. O Que É maravilhoso E that, MUITAS vezes, como estórias VAO Uma contrariar A Outra. ASSIM QUANDO eu Trabalho com Rahman Que É hum grande músico, Eu digo a Ele, “Não Siga o Que o Roteiro já diz. Encontre O Que NÃO e Dito. Encontre A Verdade Para Si MESMO, e when rápido Você Encontrar A Verdade Para Si MESMO , Uma Verdade haverá nela, mas ELA PODE contrariar o enredo, mas NÃO se preocupe com ISSO. “

10:25Entao, uma Sequência de “Elizabeth”, “Elizabeth: A Era de Ouro”. QUANDO eu fiz uma Sequência de “Elizabeth”, here estava Uma estória Que o escritor estava Contando.Uma mulher that foi ameaçada POR Philip II e estava indo Para a guerra, e estava indo Para a guerra, se apaixonou POR Walter Raleigh. Porque Ela se apaixonou POR Walter Raleigh, ELA estava abandonando como Razões Que uma tornaram Uma rainha. E QUANDO Walter Raleigh se apaixonou Pela SUA dama de companhia, é Ela Teve Que Decidir se seria Uma rainha indo Pará uma guerra OU SE ELA quería …

10:56Aqui esta uma estória Que Eu estava Contando. Os os deuses Lá em Cima. Duas Havia PESSOAS. Havia Philip II, Que era divino Porque ELE estava sempre orando, e havia Elizabeth, that era divina, mas NÃO Muito divina Porque Ela pensava Que Ela era divina, mas o sangue de Ser mortais Correu nela. Mas o divino foi injusto, ENTÃO OS deuses disseram, “Ok. O Que Fazer precisamos E Ajudar o justo.” E ENTÃO ELES ajudaram o justo. E o that they fizeram foi, enguias mandaram Walter Raleigh parágrafo Baixo parágrafo separar físicamente Seu eu mortais de Seu eu espiritual. E Seu eu era mortal, uma garota Que Walter Raleigh foi enviado e gradualmente ELE se separou dela ENTÃO ELA estava Livre Para Ser divina. E como DUAS PESSOAS divinas lutaram, e Os deuses estavam do Lado da divinidade.

11:49Claro, Toda A Imprensa Británica ficou Realmente transtornada. ELES disseram, “Nós ganhamos a Armada.”

11:56Mas eu Disse, “Mas a Tempestade ganhou uma armada. Ósmio deuses enviaram A Tempestade”.

00:00Entao o Que Eu estava Fazendo? Eu estava Tentando Encontrar Uma Razão MíticaPara Fazer O Filme. Claro, Quando eu perguntei a Kate Blanchett, eu Disse, “O Filme E Sobre o que?” Ela Disse, “O Filme E Sobre uma mulher tendão that aceitar o Fato de Envelhecer”. Psicológico. O escritor Disse E Sobre História, trama. Eu Disse E mitologia Sobre, deuses OS.

00:23Entao DEIXE-me Mostrar um VOCÊS Um Filme — hum trecho Desse Filme — e Como Uma Câmera TAMBÉM PODE — ENTÃO ESSA E a cena, Onde em Minha mente, ELA estava NAS profundezas da Mortalidade. Ela estava Descobrindo o Que a Mortalidade na Verdade Significa, e se ELA ESTÁ NAS profundezas da Mortalidade, O Que Realmente Acontece. E ELA ESTÁ reconhecendo OS perigos da Mortalidade e Porque ELA Deveria deixar um mortality. Lembrem, não Filme, Para Mim, Ambas Ela é Sua Dama de Companhia contraditório Eram fazer MESMO Corpo, Uma o eu mortal, E UMA o eu espiritual

00:58Entao Segundo Esse Podemos ter?

13:00(Música)

13:02Elizabeth: Bess? Bess? Bess Throckmorton?

13:16Bess: Aqui, minha senhora.

13:18Elizabeth: Diga-me, É Verdade? Rápido Você Criança Uma ESTÁ COM? Rápido Você Criança espera Uma?

13:26Bess: Sim, minha senhora.

13:28Elizabeth: Sua traidora. Como se atreve a guardar Segredos de mim? Rápido Você Pede Minha Permissão Antes de [indefinido], Antes de Você respirar. Minhas cadelas colares Meus Usam. Você está em mim Ouvindo? Você está em mim Ouvindo?

13:42Walsingham: Majestade. Por favor, Dignidade. Misericórdia.

13:45Elizabeth: Agora NÃO E hora parágrafo Misericórdia, Walsingham. Vá com Seu Irmão traidor e me DEIXE com Meus Problemas. E DELE? Fale-me. Diga. A Criança é DELE?E DELE?

13:56Bess: Sim. Minha senhora, e A Criança fazer meu esposo. (Gritos)

14:08Raleigh: Majestade. Essa NÃO E a rainha Que eu amo e sirvo.

14:18Elizabeth: Esse homem seduziu Uma protegida da rainha, é Ela casou sem Consentimento real. Essas ofensas São puníveis POR lei. Prenda-o. Vá. Rápido Você Não Tem Mais um Proteção da rainha.

14:39Bess: Conforme Seu Desejo, Majestade.

14:42Elizabeth: Saia! Saia! Saia! Saia.

14:51(Música)

15:12Shekhar Kapur: entao, o Que Eu Estou Tentando Fazer here? Elizabeth percebeu, e ELA ESTÁ lidando Cara a cara com Seu PRÓPRIO Sentimento de Ciúme, Seu PRÓPRIO Sentimento de Mortalidade. O Que Eu Estou Fazendo com uma Arquitetura?A Arquitetura ESTÁ estória Contando UMA. A Arquitetura ESTÁ Contando Uma estóriaSobre como, embora ELA SEJA uma mulher Mais poderosa do Mundo na Época, ha A Outra, uma Arquitetura e Maior. A Pedra e Maior Que ELA Porque a Pedra e Inorgânica. Vai Sobreviver a ELA. E ESTÁ dizendo A Voce, a Mim, a Pedra e parte do destino dela. NÃO APENAS ISSO, Por Que uma câmera ESTÁ olhando parágrafo Baixo? Uma câmera ESTÁ olhando parágrafo Baixo Porque ELA ESTÁ nenhum poço.Ela esta no absoluto poço de Seu PRÓPRIO Sentimento de Ser mortal. E Onde ELA TEM Que se puxar parágrafo fóruns das profundezas da Mortalidade, ENTRAR, libertar Seu Espírito. E ESSE É O momento Onde, em Minha mente, Ambas Elizabeth e Bess São a MESMA pessoa. Mas Aquele E o momento em Que ELA ESTÁ cirurgicamente se removendo Disso. ENTAO O Filme ESTÁ Operando EM MUITOS, MUITOS níveis nessa cena. E Como NÓS contamos estórias visualmente, com música, COM Atores, e em Cada Nível E UMA sensação diferente e as vezes contraditória Uma com A Outra.Entao Como eu Comeco Tudo Mais ISSO? Qual o Processo de se Contar Uma estória?

16:38Mais ou Menos dez ano Atrás, Eu Ouvi ESSA Pequena Coisa de hum Politico, era NÃO UM Político Muito Bem respeitado na Índia. E ELE Disse Que essas PESSOAS NAS Cidades, em Uma descarga, gastam tanta Água Quanto VOCÊS PESSOAS das áreas Rurais NÃO conseguem ter Pará SUA Família POR Dois dias. ISSO surtiu Efeito, e eu Disse, “ISSO É Verdade”. Eu fui ver hum amigo meu, e de ele me fez Esperar em Seu apartamento em Malabar Hill não vigésimo andar, Que É Uma área Realmente, Realmente de luxo em Mumbai. E ELE estava Tomando hum banho de 20 Minutos.Fiquei entediado e sai, e enquanto eu dirigia, passei Pelas favelas de Bombaim, Como VOCÊS sempre fazem, e eu vi filas e filas no sol Quente de Meio Dia de Mulheres e Crianças com baldes esperando por hum Caminhão Chegar e dar um ELAS Água. E Uma Idéia começou a se desenvolver. Entao Como ISSO SE Torna Uma estória? Eu repentinamente percebi Que NÓS ESTAMOS Caminhando em Direção um desastre um.

17:35Entao meu Próximo Filme E Chamado “Paani” Que significa Água. Ágora E, A Partir da mitologia Disso, Eu Estou começando um CRIAR Um Mundo. Que tipo de Mundo eu crio, e de Onde a IDEIA, o projeto Disso VEM? Entao, na Minha mente, nenhum futuro,enguias começarão a Construir Viadutos. Voces entendem Viadutos? Sim? ELES começaram a Construir Viadutos Para ir de A a B Mais Rápido, mas they were efetivamente de Uma área de Relativa Riqueza parágrafo Outra área de Relativa Riqueza. E ENTÃO O Que ELES fizeram foi enguias criaram Uma Cidade Acima dos Viadutos. E como PESSOAS ricas mudaram Para a Cidade Alta e deixaram como PESSOAS Mais Pobres NAS Cidades Baixas. cerca de 10 a 12 POR cento das Pessoas mudaram Para a Cidade Alta.

18:19Agora, Onde ESSA Cidade Alta e Cidade Baixa ESSA Entram? Há Uma mitologia na Índia Sobre — Onde ELES dizem, e eu direi ISSO em Hindi, [Hindi] Certo. O Que Significa ISSO? Eu digo, o ricos estao sempre sentados Sobre os ombros e sobrevivem Sobre os ombros dos Pobres. Entao, a mitologia Partir Dessa, a Cidade Alta ea Cidade Baixa Entram. Entao o projeto estória TEM UMA.

18:42Ágora E, O Que Acontece E Que como PESSOAS das Pessoas das Cidade Alta Sugam Toda a Água. Lembrem da Palavra Que Eu Disse, Sugam. ELES Sugam Toda a Água, Guardam Para Si PROPRIOS. e enguias fazem racionamento parágrafo a Cidade Baixa. E se Houver QUALQUÉR do revolução, enguias cortam a Água. E, porqué um Existe democracia AINDA, há hum jeito Democrático cabelo qua rápido Você Diz Bem, Se Você nsa der o que Queremos, NÓS LHE daremos Água.

19:04ENTÃO, ok, meu ritmo terminou. Mas eu Posso Continuar Contando uma VOCÊSComo NÓS desenvolvemos estórias, e Como como estórias efetivamente São Quem Nós Somos e Como ELAS São Traduzidas na disciplina particular, estou em Que, Que É O Filme. Mas enfim, o Que É Uma estória? E Contradição UMA. Tudo é Contradição UMA. O Universo E Uma Contradição. E Todos Nós Estamos constantemente PROCURANDO harmonia. QUANDO rápido Você Acorda, a noite eo dia de São Uma Contradição. Mas rápido Você Acorda As Quatro da manhã. Aquela Primeira pincelada de azul E Onde a noite eo dia estao Tentando Encontrar harmonia hum com o Outro.Harmonia São como notas Que Mozart NÃO DEU A Voce, mas de Alguma Maneira uma Contradição de SUAS notas sugerem ISSO. Todas como contradições de SUAS notas sugerem harmonia. E o Efeito de se PROCURAR harmonia na Contradição Que Existe na mente de hum poeta. Uma Contradição Que Existe na mente de hum contador de estórias. Na mente de hum contador de estórias ESTÁ Uma Contradição de moralidades. Na mente de hum poeta, Esta hum Conflito de Palavras. Na mente do universo. Entre o dia ea Noite. Na mente de um homem e uma mulher NÓS Estamos olhando constantemente Pará uma Contradição Entre masculino e feminino. NÓS ESTAMOS PROCURANDO harmonia hum com o Outro.

20:08Toda a Idéia de Contradição, EXCETO a aceitação da Contradição E o Contar de Uma estória, Não uma Resolução. O Problema com hum monte de estórias em Hollywood e MUITOS filmes, e Como [indefinido] estava dizendo em Seu, NOS tentamos resolvedor uma Contradição. Harmonia NÃO E Resolução. Harmonia E uma Sugestão de Uma Coisa Que É Muito Maior Que a Resolução. Harmonia E uma Sugestão de algo Que É abrangente e universal e da eternidade e do momento. Resolução E algo that e Bem Mais limitado. E finito. Harmonia infinito E. Entao ESSA narrativa, Como Todas OUTRAS contradições no universo, ESTÁ PROCURANDO harmonia e infinidade. Em resoluções morais, UMA resolvendo, mas deixando Outra ir, deixando Outra ir e Criando Uma Questão Que É Realmente Importante.

20:57Muito obrigado. (Aplausos)