Carol Passos

calor

há um sabor de mar quando os dias estão quentes. esse gosto surge na primavera quando o sol finalmente alcança meu apartamento.

em manhãs assim, a claridade me desperta antes da hora e me provoca a construir um mundo inteiro nesse cômodo a ponto dele se tornar tão extenso quanto a costa dessa ilha.

fecho os olhos e me vejo a deriva e entregue no mar morno do meu quarto. ali me imagino imersa, aquecida, meio sonolenta e completa.

não tem vento jogando areia nos olhos, não há devaneio, erros ou dúvida. nem dor de cabeça ou queimadura de sol. o meu horizonte é tudo que não tenho ao alcance, incluindo você.

--

--

Carol Passos

Carol Passos

Jornalista, feminista e bordadeira. nem tudo que eu escrevo é real.