“Pow-ge-kay-ju” na boca do mundo

Diferenças fonéticas são um desafio, mas podem tornar o aprendizado de uma língua estrangeira bem mais divertido

Meus primeiros pães de queijo, mais morenos do que deveriam, mas ainda assim deliciosos.

Desconheço alguém que não goste de pão de queijo. Mesmo entre estrangeiros, o sucesso do nosso pãozinho é grande. Há um mês, o The Guardian deu atenção à história dessa iguaria tão brasileira. Um texto simples, mas com um pequeno detalhe engraçado. Ao invés de traduzir literalmente para o inglês, a autora tenta ensinar a pronúncia de “pão de queijo”: pow-ge-kay-ju!

Nunca tinha reparado. Pensei. “Será que é tão engraçado assim?”. Conversando com alguns amigos mundo afora, fiz todos falarem pão de queijo. O resultado está no vídeo abaixo.

O pow-ge-kay-ju me fez lembrar de algo que minha professora de russo — a última participante do vídeo — tinha dito poucos dias antes. Se você está aprendendo uma língua estrangeira, é preciso ler em voz alta. Só assim o cérebro começa a reconhecer os fonemas e vai se acostumando. Nada é tão difícil que não possa ser, antes, divertido! Porque vejam, falar “Вы мне нравитесь” — Google now — é um desafio sim, senhores! Posso ficar com vergonha de tentar na frente da turma, chateada por não acertar, mas prefiro rir sempre que erro!

Se estiver difícil, lembre-se: pode até soar estranho, mas que graça teria se falássemos todos a mesma língua, não é?


E como nunca é demais compartilhar, segue a receita dos primeiros pães de queijo que fiz na vida, numa versão “foi com o que consegui encontrar aqui em Lisboa mesmo”:

  • 2 xícaras de chá de polvilho doce
  • meia colher de sopa de sal
  • 1 + meia xícara de chá de leite
  • meia xícara de chá de óleo
  • 2 ovos
  • 200g de queijo da ilha curado ralado

Pré-aqueça o forno em 180º. Junte leite e óleo numa panelinha e leve ao fogo. Levantou fervura, tirou. Jogue o sal no polvilho e comece a acrescentar o líquido, mexendo loucamente com colher de pau. Fica difícil, mas confie. Quando o polvilho embeber o leite, acrescente os ovos e mexa mais. Depois que conseguir unir os ovos à mistura, junte o queijo. Agora, vá com a mão até conseguir homogeneizar um pouco a massa e fazer as bolinhas. Pronto, assadeira, com espaço entre cada pãozinho, e forno por 40 minutos pelo menos. Aí é só monitorar a cor. Os meus, da foto lá em cima, passaram 45 e ficaram com o bronze pesado (meu forno é potente), mas ainda assim muito gostosos! :)