amor livre é pleonasmo

gosto de te imaginar livre
tão livre
mas tão livre
que não cogito, nem por um segundo, te prender à mim

abro mão de toda ideia de que amor é sinônimo de posse

te amo a ponto de abrir mão
a ponto de te ver indo e ignorar a parte que me dói
porque você deve conquistar o mundo
e tudo bem se eu não estiver de mãos dadas com você quando isso acontecer
quero te ver sendo grande
se esticando
dando o máximo de si
de vez em quando apareço por aí
“como é bom ver que você resistiu até aqui”
vou dizer
sem pesar nenhum.

amor livre é pleonasmo
meu amor quer te dar asas
mesmo que isso signifique que, em algum momento, cê vai voar pra longe

te desejo um caminho pacífico
e, secretamente,
torço para que você não se esqueça do caminho de casa.