domingos silenciosos

na quarta-feira te escrevi e não enviei, não postei em lugar nenhum. falava sobre como o meio da semana também poderia ser triste, mas domingo é, de longe, o dia mais triste da semana. é como se o mundo inteiro se calasse e eu só conseguisse escutar as minhas paranoias. pensar em tudo que deixei escorrer pelas mãos, pensar no que eu deveria ter respondido quando você disse que gostava de mim e dela. tenho treinado no espelho como seria te olhar nos olhos e dizer que preciso te esquecer e seguir em frente porque te amar me dói todos os ossos, mas é que eu sou bem melhor escrevendo e nem sempre você me lê. preciso te esquecer, cê entende? hoje assisti um filme que dizia que você gosta de alguém por causa de e ama apesar de. te amo apesar de todos os pesares e amo até quando sei que deveria deixar de amar porque amar sozinha é um pé no saco. é cansativo sempre te ter ao meu lado e nunca te ter.