Tanto a seleção brasileira quanto a peruana estão vindo de expressivas vitórias na rodada anterior. Enquanto o Brasil batia a Argentina por 3 a 0 com direito a olé no Mineirão, o Peru visitou o o Paraguai no Defensores Del Chaco e sapecou um 4 a 1.

Embora a Argentina seja, obviamente, mais time que o Peru, os alvirrubros devem entrar no jogo mais ligados e confiantes devido a uma excelente vitória no último dia 10 e também por jogarem em casa e terem apoio de sua torcida.

O poder ofensivo da equipe peruana é bem razoável e bastante conhecido pelos brasileiros, com destaque para o atacante Farfán, o meia Cuenca, jogador do São Paulo, e o artilheiro Paolo Guerrero do Flamengo. Por isso, devem acabar chegando mais ao ataque. Pra bater de frente com essa dupla, a seleção canarinho pode se valer da seguinte estatística: desde que chegou ao comando, Tite sofreu apenas 1 gol, que foi contra do zagueiro Marquinhos, no jogo contra Colômbia válido pela 8ª rodada dessas mesmas eliminatórias.

Do meio de campo para a frente, o Brasil deve jogar de forma leve, aberta e ágil como fez contra a Argentina, e tentar escapar em contra ataques rápidos se utilizando dos meninos Gabriel Jesus, Neymar e Philippe Coutinho. O único desfalque deve ser o lateral esquerdo Marcelo, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Por isso, devem fazer valer a sua superioridade técnica e tática. Arriscamos vitória do Brasil.

Brasil deve vir a campo com: Alisson; Daniel Alves, Miranda e Marquinhos, Filipe Luís; Renato Augusto, Fernandinho, Paulinho, Coutinho; Neymar e Gabriel Jesus.

Palpite #CRNB: Peru 0 x 2 Brasil