sobre cães ingratos;

não importa quantas vezes você leia, você não vai encontrar um por quê.

Como o cão que após ser recolhido das ruas e receber todos os cuidados, volta a fugir em busca da sua realidade catastrófica, pois todo aquele amor o assusta. Esse amor, o qual suas últimas semanas foram baseadas, o assustam. As ruas não o amedrontam tanto quanto o sentimento de afeto no qual ele foi recebido.

Mas ele não faz por mal.

Aquela não é sua natureza, não são seus costumes.
 E ante a todo esse medo e insegurança, ele foge.

Assim como eu.

A sensação de ser autossuficiente, mesmo que por breves momentos, me enlouquece. O sentimento de que eu me basto, é horrível, porque eu não me basto.

Eu não sou suficiente para mim mesma.

Porque sem ao menos perceber parto meu próprio coração na busca de ser o suficiente para mim mesmo. Porque eu estou apaixonada pelo utópico no qual eu sempre quis me tornar. No qual eu pensei que tudo que fosse necessário para alcançá-la estava aqui, dentro de mim.

Mas acontece que eu não tenho todo esse amor dentro de mim. Acontece que eu não consigo me manter em pé sozinha. E isso me destrói.

Enquanto vejo-me desmoronar numa velocidade avalassadora, procuro por pequenos pontos que possam me reconstruir, mas já não há nenhum. E a única mão na qual me agarra e me recompõe pedaço por pedaço, eu não consigo confiar nela totalmente.

Não porque não quero, mas porque ante a toda essa autossuficiência e arrogância que me destrói, eu não consigo.

Eu sei que preciso confiar.

E tudo que eu posso pedir em meio a essa tempestade é que aquiete minh’alma, eu preciso acreditar.

Nenhum coração; nenhuma mão; nenhuma pele; nenhum outro toque pode amar-me como tu.

E assim como aquele cão, eu fujo.
 Porque eu temo. Porque não consigo me ver sem esse amor, mas ele me assusta. E de forma ingrata, mas não premeditada, eu fujo.

Porque não sei se suporto ele desistir de mim.


Like what you read? Give emanuelle. a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.