se apega, sim!

nada contra um dos livros mais vendidos nos últimos tempos.

ao contrário do que a sociedade jovem moderna tem dito nos últimos tempo, venho lhe informar: é para se apegar, sim! não precisa fingir desinteresse só porque as pessoas estão agindo ultimamente como desapegadas. eu tenho em mente que a frase “não se apega, não.” tem sido usada como um escudo para quem tem medo de se entregar e não ser correspondido. realmente amor não correspondido é um saco. mas lamento te dizer, só porque no passado algo não deu certo não significa que seu relacionamento no futuro vai dar errado.

e, se você estiver perdendo oportunidades incríveis porque acredita que não se vale mais a pena amar ninguém? minha cara, só posso te dizer uma coisa: amar é a coisa mais incrível do universo. na verdade, — uma das coisas mais incríveis do universo — só perde para dormir e comer. mas voltando ao assunto, deve ser a coisa mais entediante do mundo querer tá perto de alguém e não poder por seguir essa doutrina de desapegada. ou, a coisa mais entediante do mundo deve ser — com certeza é — estar com alguém que segue essa doutrina.

uma das piores coisas do mundo é café frio, uma das outras é gente morna. gente que não gosta de demonstrar os sentimentos. gente que não é muito. mas, também não é pouco. gente tanto faz. dizem que eu sou intensa demais, eu concordo. eu sou intensa mesmo. muito. até demais. costumo lembrar que quase todas as relações que eu tenho -ou, tive- são -ou, foram- como montanhas russas, cheias de altos e baixos. e não me arrependo de viver assim. quando é pra sofrer, eu sofro. mas quando é para amar, eu amo muito mesmo.

se você está com vontade de estar perto da pessoa liga mesmo. liga as 6 horas da manhã. manda mensagem de bom dia, boa tarde e boa noite. passa a noite toda conversando pelo WhatsApp. pede para ver. se esforça para estar junto. chama pra tomar açaí. arruma desculpa para ela ir te ver. chora, se joga no chão. diz que ama. mostra que assim como o Cazuza você também é exagerada. mas ama, ama mesmo. com vontade.

não tenho problema nenhum em amar alguém, sem pensar no futuro. ou, nas consequências. pare de pensar que todos os homens são iguais — porque eles não são — tenho exemplo do meu pai: ele é apenas o cara mais incrível do planeta terra. não adianta generalizar os homens, nem todos são iguais. e, se você realmente acredita que todos os homens são iguais, é porque você não conhece todos. apenas, desapegue de todo esse desapego.