Como fica a credibilidade do sistema bancário brasileiro ?

Deu “ZICA” no Sistema de Tecnologia da Caixa Econômica Federal

Milhares de cliente pelo Brasil foram surpreendidos hoje pela manhã com problemas em suas contas correntes na caixa. O Sistema não contabilizou as transações do dia 22 de fevereiro provocando discrepância entre o real e o virtual no saldo atual de seus clientes.

Recebimentos, Transferências, Pagamentos e demais transações não foram registradas e o pessoal técnico da caixa até o momento, são 21 horas do dia 23/02, não conseguiu solucionar o problema.

Como cliente Caixa e profissional de tecnologia já a alguns anos, conseguimos em uma simples analise nas operações do internet banking, verificar que o problema ocorre na base de dados do Banco. Podemos facilmente verificar que mesmo existindo na base de dados comprovantes de transações do dia 22, estas informações encontram-se inexistentes na tela de extrato do cliente e na totalização do saldo atual.

Normalmente este tipo de falha é ocasionado quando arquivos ou índices de banco de dados são danificados e a solução passa por reindexação de chaves, criação de novas chaves e muitas vezes torna-se necessário a restauração de backups para solução do problema.

Vale ressaltar a importância da REDUNDÂNCIA de uma base de dados como esta.

Neste momento cabe refletir sobre a fragilidade do sistema bancário brasileiro e da importância de investir em pessoal qualificado para operação do mesmo. 
Que no amanhecer do dia 24, ou seja, 24 horas depois do problema, possamos desfrutar da normalização de um sistema que deveria ter como princípio a CONFIABILIDADE de suas clientes. Boa Sorte a Equipe de Tecnologia da Caixa que com certeza terá uma longa noite pela frente.

Texto Original no Linkedin

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Francisco Cavalcante’s story.