Carrey e o Setembro Amarelo

Ótimo momento para conversarmos sobre a responsabilidade de Jim Carrey na morte de sua ex-namorada.

O setembro amarelo discute, principalmente, a dificuldade que temos de identificar o problema que a pessoa que atenta contra a própria vida está passando. Se não fosse por remédios, poderia ser uma corda, um tiro na cabeça ou da janela de um prédio — como evitar? O delito de Jim foi comprar remédios sem prescrição. Foi uma overdose, ele não estava lá, como medir essa capacidade no outro? Vamos conversar?