Esforço solar

O Sol estava transtornado. Olhou feio pra Vênus e a chamou para seu escritório.
— Escuta aqui, Vênus. Eu preciso ter uma conversa séria sobre o seu desempenho.
 — O que foi, chefe?
 — Eu venho observando aqui os números dos últimos bilhões de anos. Cadê a vida?
 — Não consegui ainda… entenda, Sol, a minha situação não é tão favorável e…
 — Nem me venha com desculpas. Olha pra sua irmã, a Terra, no começo ela tava assim, que nem você, cheia de erupções… agora está aí, cheia de vida. Aprenda com ela, Vênus.
 — A nossa proximidade está me afetando… eu preciso dar uma afastada pra tomar um ar, dar uma refrescada…
 — Essa é a tua desculpa agora? Vai jogar a culpa na nossa atração?
 — Você me esquenta, Sol, e isso me deixa sob pressão. Muita pressão.
— Se continuar com as desculpas vai ser rebaixada igual aconteceu com Plutão. Lembro que você chegou a ter água, agora ta aí, toda ácida pra cima de mim. Produza! Se a Terra conseguiu, você também pode. Vocês foram criadas na mesma nebulosa, é só se esforçar que não tem erro. Agora me dê licença, vou conversar com Plutão pra ver se ele resolveu se erguer na vida.

Meritocracia.