Evento inaugural (político) da nova gestão do CFP

Pois bem. Ocorreu dia 21 de janeiro o primeiro evento político, com a desculpa de apresentar a diretoria eleita, da chapa “Cuidar da Profissão”, evento nomeado “A psicologia na construção de novos possíveis”.
Abaixo, o vídeo publicado nas redes fazendo um resumão do que foi discutido.
E nesse evento não vemos novidades do que temos experimentado nos CRP’s: mais discussão política. Menos psicologia. Menos ciência.

O ex-ministro da Justiça e subprocurador-geral da República Eugênio Aragão quis trazer uma análise, descrevendo nossa sociedade como dinâmica, que tem a tendência de trazer pautas dispersas. Psicologia? Profissão? Nada. Ideologia e mais do mesmo ao novamente tocar, com prazer, no assunto das manifestações de julho/2013, que em nada se relaciona com as competências de uma autarquia federal de regular uma profissão.
Já a psicóloga Maria Cláudia de Oliveira, diretora da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia (Anpepp/FENPB) e coordenadora do Laboratório de Psicologia Cultural (Labmis/UnB) trouxe a situação da produção científica no contexto do governo Temer.
O que me fez doer os ouvidos foi dizer que o momento de crise ética é caracterizado “por uma desconfiança frente ao Estado e originado por uma onda CONSERVADORA”, destacando a redução dos orçamentos para pesquisa desde 2013.

Além da ignorância sobre o que significa “Conservadorismo”, a militante traz uma visão socialista que diz que só o estado pode financiar pesquisa, ignorando todos os psicólogos com visão política diferente.
E o presidente do CFP, senhor Rogério Giannini, ex-secretário da CUT (Central Única dos Trabalhadores), fecha com chave de ouro, dizendo que este seminário “subsidia a gestão” destes três anos.
Ou seja: podemos entender que estes três anos terão como objetivo ignorar a existência de iniciativas privadas de promoção de saúde (que aliás, são geralmente mais eficazes que quaisquer iniciativas estatais).
E se for assim, ignorar toda força dos psicólogos que estão fora destes espaços é ignorar a ciência, a profissão e a própria sociedade, que se beneficia de iniciativas privadas.

Confira o vídeo com o resumo do que aconteceu no evento: https://www.youtube.com/embed/_HKhR2k2ZoY?ecver=2

Like what you read? Give Cesar dos Santos S. B. a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.