''No meu tempo…"

''No meu tempo tudo era melhor''. Quantas vezes você já ouviu essa expressão? E quantas vezes já usou essa expressão? Por quantas vezes já viu essa "juventude que não sabe o que é bom" e olhou com desdém para aquilo que elas estavam consumindo? Todos já fizemos isso alguma vez na vida, eu já, você já. O grande lance é parar com essa merda.

Na adolescência temos esse lance de "tudo aquilo que é diferente do que eu gosto é um lixo". Acho que isso vêm do fato de que passamos a nos definir por aquilo que gostamos. Como no fundo ninguém realmente conhece a si mesmo, as músicas, os filmes, os livros e os hobbies passaram a ser reflexos de quem éramos. E por mais que eu possa ser considerado um nerd, não o sou. Sou um cara que gosta de coisas nerds, mas que também gosta de Taylor Swift, Ivete Sangalo, Molejo, MC João e Wesley Safadão.

"No meu tempo era tudo melhor" porque no seu tempo aquelas coisas te diziam alguma coisa e as coisas que dizem algo pra quem tem a idade que você tinha quando era tudo melhor não dizem nada para você. Não as torna piores e nem torna as suas melhores. Fases diferentes da vida em épocas diferentes do mundo.

O lance é ser aberto o suficiente pra encarar as diferentes formas de expressão cultural de peito aberto e tentar ver o que elas podem te dar. Mesmo que seja só um momento legal em que você está dançando como se não houvesse o amanhã, despreocupado e se divertindo.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Cesar Gaglioni’s story.